Terça-feira, 28 de Maio de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 21 de Março de 2024, 08:51 - A | A

Quinta-feira, 21 de Março de 2024, 08h:51 - A | A

PL DO BEM

Projeto de Fabinho prevê mais agilidade na busca de pessoas desaparecidas em MT

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Está em tramitação na Assembleia Legislativa, um Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Fabio Tardin, mais conhecido como “Fabinho” (PSB), que dispõe sobre a Política Estadual de Busca por Pessoas Desaparecidas, visando uma maior integração de informações entre as delegacias e diversos órgãos especializados no Estado. 

O parlamentar explicou que o projeto também abrange ações, para que a população e os agentes de segurança pública tenham consciência de que quanto mais rápido ocorrer o registro de ocorrência da pessoa desaparecida, maiores serão as chances de localização. 

“Essa proposta é de extrema importância para dar celeridade nas buscas por pessoas desaparecidas, principalmente aqueles que mais precisam do apoio do poder público e das forças de segurança do Estado.  O projeto também prevê que os hospitais são obrigados a informar às autoridades, a devida identificação de quem deu entrada em suas dependências no prazo de até 12 horas”, informou Fabinho. 

De acordo com informações da Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sesp), em 2022, Mato Grosso registrou em média, 6 desaparecimentos de pessoas por dia ou o equivalente a um caso a cada 4 horas. Os dados mostram também que ao todo foram 1.973 casos de desaparecimentos registrados só na Grande Cuiabá. Em Várzea Grande, o Núcleo de Pessoa Desaparecida (NPD) recebeu 401 denúncias.