Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

SAÚDE & BEM ESTAR Sexta-feira, 11 de Novembro de 2022, 14:02 - A | A

Sexta-feira, 11 de Novembro de 2022, 14h:02 - A | A

Teste de malária será aplicado em triagem de sangue em hemocentros

Saúde

Triagem de sangue em hemocentros terá teste de malária
Pixabay

Triagem de sangue em hemocentros terá teste de malária

A triagem das bolsas de sangue na hemorrede (conjunto de Serviços de Hemoterapia e Hematologia) pública brasileira passará a contar com teste específico para malária , anunciou nesta sexta (11), no Rio de Janeiro, a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

A inovação trará mais segurança às transfusões de sangue e permitirá a redução de 12 meses para um mês do período de impedimento à doação de sangue de pessoas que estiverem em áreas endêmicas para malária.

O ganho no controle das bolsas de sangue se dá com o início da implantação do Kit Nat Plus, desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). O Hemorio, no Rio de Janeiro, foi o primeiro hemocentro a receber essa tecnologia e já liberou os primeiros resultados em novembro.

Hemocentros

A implantação se dá em parceria com a Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados (CGSH) do Ministério da Saúde. Segundo a Fiocruz, mais três hemocentros devem ser contemplados até o fim do ano e a atualização deve estar presente em todos os hemocentros do país até o final de 2023.

Desde 2011, o Kit Nat é produzido em Bio-Manguinhos e tem como alvos os vírus HIV e os causadores da hepatite B e hepatite C. Segundo a Fiocruz, desde que Bio-Manguinhos iniciou a produção do Kit Nat, 30 milhões de bolsas de sangue doadas na rede pública do Brasil foram testadas com a tecnologia fornecida pelo instituto.

O aprimoramento do kit brasileiro traz ainda a vantagem de permitir o uso em amostras de doadores de órgãos ou doadores falecidos em parada cardiorrespiratória, ampliando também a segurança em transplantes.

O novo kit desenvolvido em Bio-Manguinhos também tem ganhos de sensibilidade e otimização do tempo de análise.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG SAÚDE