Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

VARIEDADES Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022, 21:03 - A | A

Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022, 21h:03 - A | A

Mãe paga R$ 1,2 mil em viagem de trem, mas filho viaja em bagageiro

Turismo

A escritora e produtora Bee Rowlatt publicou o episódio no Twitter.
Reprodução/Twitter @BeeRowlatt 24.11.2022

A escritora e produtora Bee Rowlatt publicou o episódio no Twitter.

Uma escritora e produtora britânica compartilhou no Twitter uma dificuldade inusitada durante uma viagem de trem.  Bee Rowlatt partia de York para King's Cross e reclamou na rede social que não havia lugares suficientes nos vagões, o que a obrigou colocar seu filho em um bagageiro.

"Sem assentos em lugar nenhum, andares e corredores completamente bloqueados e um dos meus filhos está no bagageiro", escreveu a produtora, que em seguida revelou o quanto pagou pelos bilhetes.

"Esta viagem custou £ 182,94". Na cotação desta quinta-feira (24), o valor dá cerca de R$ 1.179,29.

Bee marcou a empresa ferroviária na postagem, que a respondeu nos comentários: "Desculpas pelo desconforto". A companhia não deu detalhes do motivo da superlotação e também não mencionou possíveis compesações pelo mal serviço.


A escritora pareceu não ter recebido bem a resposta da empresa, e retrucou: "Não era o que eu esperava para ser honesta".

A postagem teve mais de 11 mil curtidas, e com a repercursão outros passegeiros também relataram problemas com a companhia. Um deles argumentou: "É por isso que as pessoas ainda escolherem dirigir ao invés de pegar um trem".

Outro respondeu: "É verdade. Eu preferiria viajar de trem para visitar minha filha na Escócia, mas é mais fácil e muito mais barato dirigir. Os preços são horríveis, mesmo com desconto no cartão ferroviário".

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo