icon Sábado, 14 de Dezembro de 2019

ESPORTES - A | + A

21.11.2019 | 13h:49

Coluna - Título do Corinthians reflete sucesso do Free Fire no Brasil

Por: IG Esportes

Pegando muita gente de surpresa, o Corinthians conquistou o Campeonato Mundial de Free Fire no último sábado (16), na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. O Timão fechou a temporada do Free Fire como melhor equipe do mundo, faturou US$ 200 mil (R$ 840 mil) como prêmio e abriu os olhos de muita gente para um novo fenômeno do esporte eletrônico.

Free Fire é um jogo para smartphones no estilo battle royale, gênero que tem feito sucesso em títulos como Fortnite e Player Unknown's Battlegrounds. Nele, dezenas de combatentes são soltos simultaneamente em uma ilha; quem sobrevive ao final do embate é o vencedor.  O game lançado originalmente em dezembro de 2017 foi criado pelo estúdio vietnamita 111dots e publicado pela Garena, de Singapura. O jogo não só é muito popular no sudeste asiático, como também conseguiu um enorme êxito no Brasil, que já se tornou um de seus principais mercados. Não à toa, a capital fluminense foi selecionada para sediar as finais mundiais.

O Corinthians entrou nessa história faz muito pouco tempo. No início de outubro, o clube anunciou a criação de uma equipe de Free Fire em parceria com a Immortals, que administra o time de Counter Strike MIBR. O grupo conta com Carlos "Fixa", Genildo "Japa", Samuel "Level Up 007", Bruno "Nobru" e Douglas "Pires". Até então, esta formação era conhecida como Bando de Loucos, que na época ocupava a segunda colocação do Grupo B do campeonato brasileiro. Não é a primeira investida do time paulista no e-sport: há pouco mais de um ano eles mantêm um contrato com Felipe Mestre, bronze no Mundial de Pro Evolution Soccer 2018. Além disso, o Timão já tinha fechado em novembro de 2017 uma parceria com a Red Canids nos cenários de League of Legends e de Rainbow Six Sige, entre outros. Este acordo, no entanto, durou apenas cinco meses.

Pouco depois de começar a defender o Corinthians, a equipe de Free Fire conquistou o título brasileiro, ainda no início deste mês. O resultado garantiu vaga ao Timão no World Series no último sábado (16) e, mais uma vez, a equipe paulista levantou a taça   A conquista representa um feito raro no esporte eletrônico brasileiro, não muito acostumado a ver equipes nacionais campeãs em torneios internacionais. Antes deles, o marco mais relevante foi vitória da atual formação da MIBR nos campeonatos Majors - quando ainda defendiam as camisas da Luminosity e SK.   

É importante notar a predominância de regiões como América Latina, e Ásia Ocidental e Meridional no mundial de Free Fire. A exceção era a Sbornaya ChR, da Rússia, que terminou em segundo lugar. Países da Europa, Estados Unidos, China, Japão e Coreia do Sul, que costumam reinar em outros games, não marcaram presença.

O motivo por trás disso é a popularidade do game em mercados emergentes como o Brasil e Índia, onde muitos jogadores não têm condições para adquirir um computador, ou até mesmo um smarthphone para rodar games que demandem equipamentos mais caros. Free Fire, porém, é capaz de rodar até mesmo em celulares modestos. Ciente disso, a publicadora Garena conseguiu impulsionar ainda mais o game nesses países, com eventos sazonais específicos, como o que celebrou o carnaval por aqui.

O resultado são mais de 450 milhões de usuários registrados, segundo dados da publicadora, com uma audiência de 50 milhões de jogadores ativos por dia. Hoje, o Free Fire é líder em jogos battle royale para celulares em todo o mundo, na frente até mesmo de Fortnite. O Mundial realizado no Rio chegou a envolver dois milhões de espectadores simultâneos em alguns momentos.

Além da conquista corintiana, uma outra notícia também tem levantado a moral do esporte eletrônico no Brasil nos últimos dias. Segundo o site HLTV, referência quando o assunto é Counter Strike, o próximo Major do game de tiro da Valve será ano que vem no Rio de Janeiro, entre os dias 11 e 24 de maio. Embora ainda não exista uma confirmação oficial, a novidade já causa empolgação entre jogadores profissionais e torcedores, tanto que o assunto figurou entre os trending topics do Twitter na última segunda-feira (18).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues


Fonte: IG Esportes
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
LEITE R$/l 1,08
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet