icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

DECRETO PRESIDENCIAL 26.06.2019 | 07h:30

Cacique emedebista adianta seu voto e se diz contrário à liberação do porte de armas

Por: Ana Adélia Jácomo

Marcus Mesquita/MidiaNews

Marcus Mesquita/MidiaNews

De volta à Câmara de Deputados apósquatro meses de licença saúde, o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) afirmou nesta terça-feira (25), que vai votar contra a flexibilização do porte de armas, decretado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

 

A matéria foi vetada pelos senadores e segue agora para votação dos deputados federais. Dos senadores por Mato Grosso, apenas Selma Arruda (PSL) foi favorável. Jayme Campos (DEM) e Wellington Fagundes (PL) acompanharam a maioria, que por 47 votos a 28, acataram o parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que pede a suspensão dos decretos. 

Sou contra o armamento, acho um absurdo, tem que desarmar e não armar

 

"Sou contra o armamento, acho um absurdo, tem que desarmar e não armar. Temos um Estatuto do Desarmamento e mesmo assim, o número de fuzis apreendidos aumenta cada dia mais ao invés de diminuir. É um contrassenso, numa época que há lei para restringir, a polícia passa o tempo todo apreendendo armas e fuzis e agora vamos abrir a compra de armas para todo mundo? De fuzil, inclusive?”, disparou o deputado. 

 

A declaração foi dada durante o lançamento da ordem de serviço para a construção do viaduto Murilo Domingos, que será construído na avenida Beira Rio, em Cuiabá. Para avaliar a constitucionalidade do decreto, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar nesta quarta-feira (26) a sua validade. 

 

Os ministros Rosa Weber e Luiz Edson Fachin, relatores de cinco ações sobre o tema, liberaram os processos para julgamento.  Diante disso, o presidente da Corte, Dias Toffoli, decidiu marcar a data para a semana que vem, a fim de resolver a questão ainda no primeiro semestre - o recesso do Judiciário começa em 1º de julho. (Com colaboração de Rafael Medeiros).

 

Acesse AQUI a íntegra do decreto sobre o porte de armas no Brasil.    

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
LEITE R$/l 1,09
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet