icon Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

POLÍTICA - A | + A

"ELEIÇÕES SÓ ANO QUE VEM" 31.05.2019 | 11h:31

Jayme: não falo sobre eleições ou de Emanuelzinho pois não vou conspirar contra minha mulher

Por: Ana Adélia Jácomo/Marisa Batalha-O Bom da Notícia

Reprodução

jayme campos

 

Querendo se desvencilhar de dar uma resposta mais áspera quanto ao fato do deputado federal Emanuelzinho (PTB), mudar de domicílio eleitoral para poder disputar o comando da Prefeitura de Várzea Grande, o senador democrata Jayme Campos optou na conversa com jornalista nesta sexta-feira (31) - no evento de entrega da terceira etapa do novo Hospital Pronto Socorro de Cuiabá (HMC) -, em elogiar o parlamentar petebista, revelando que ele seria 'um bom moço, preparado', mas daí já abrir um debate sobre uma candidatura para disputar a prefeitura, isto não era hora 'e que a conversa seria precose, sobretudo, por que as eleições ocorrem somente em 2020'.

 

E à moda dos Campos, o senador democrata mandou um recado, ainda revelando que o pai do deputado federal, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), 'é um cidadão esclarecido, assim sabe que em política tudo é uma questão de bom senso. E que, de antemão, o gestor cuiabano sabe que a discussão não é bem por aí. Sobretudo, porque político precisa saber entrar e sair das situações políticas'.

 

Pontuando também que observa toda esta discussão ao entorno do nome de Emanuelzinho apenas como mais uma das muitas especulações sobre as eleições municipais do ano que vem em Várzea Grande. "As discussões políticas passam por um processo político que exige muita maturidade. Assim, se Emanuelzinho vai ser candidato ou não, acho que esta discussão está muito longe".

 

Ele se entusiasmou. Ele é de Cuiabá e não tem nenhuma amarração se quiser ser candidato a prefeito

Admitindo, no entanto, que realmente houve uma conversa com a família Campos, sobre a mudança de titulo eleitoral de Emanuelzinho, por conta da votação obtida no município, quase 12 mil votos dos 76 mil obtidos nas urnas. E que sob este aspecto, ele [Jayme], não via nenhum impedimento legal e que era até bom para o município ter um deputado federal e que Emanuelzinho preenche os requisitos exigidos por lei, para a mudança de seu título.

 

'Mas foi somente isso. Mudança de domicílio eleitoral. Até porque a gente quer alguém que seja de Várzea Grande, que entenda sobre a cidade, que conheça os nossos problemas [...] Depois já disse isto em outras ocasiões, vamos deixar o tempo passar até para ver quem não morreu, quem vai estar preso ou quem vai estar de tornozeleira. E coloquem isto, Jayme e Lucimar Campos só conversam sobre disputa e candidatura à Prefeitura de Várzea Grande a partir de 15 de maio de 2020. Porque falar de política agora é até conspirar contra o mandato da minha mulher'.  

 

SUGESTÃO DO PAI 

 

Como ambos estavam no mesmo evento [Jayme e Pinheiro], isto obrigou Emanuel a se contradizer na coletiva quanto ao fato do filho, o deputado federal Emanuelzinho estar mudando de domicílio eleitoral, já de olho em uma possível disputa à Prefeitura de Várzea Grande. Principalmente depois da resposta do senador democrata aos questionamentos sobre se o filho do prefeito de Cuiabá, teria sido convidado por seu grupo político para se engajar na política de Várzea Grande. Acabando por revelar, como forma de colocar 'panos quentes' à polêrmica sobre o filho, de que a ideia teria sido dele. “A candidatura a prefeito surgiu numa conversa comigo, quando eu anunciei que ele recebeu o convite para transferência do seu título, mas ele não transferiu e foi até bom não ter transferido, para gerar polêmica antecipada.”, disse o prefeito.

 

No entanto, dias atrás, na apresentação do Edital da Licitação do Transporte Coletivo, Emanuel Pinheiro assegurou em coletiva à imprensa que o deputado federal já havia transferido seu domicílio eleitoral para a cidade vizinha, o que possibilitaria uma candidatura em 2020, já que pelas regras eleitorais o candidato precisa ser do mesmo domicílio. Curiosamente, na última segunda (dia 27), Pinheiro disse que não havia transferido e depois revelou 'ah, sim, verdade, já mudou sim'. 

 

Emanuelzinho foi convidado pelo grupo do senador Jayme e da prefeita Lucimar Campos, ele se entusiasmou, ele é de Cuiabá e não tem nenhuma amarração, se quiser ser candidato a prefeito; se ele transferiu o título, está apto para ser candidato a prefeito

“Emanuelzinho foi convidado pelo grupo do senador Jayme e da prefeita Lucimar Campos. Ele se entusiasmou. Ele é de Cuiabá e não tem nenhuma amarração, se quiser ser candidato a prefeito. Se ele transferiu o título, está apto para ser candidato a prefeito, mas não há amarração com Jayme, Júlio Campos ou Lucimar”, disse o prefeito, em declaração confusa e controversa, feita nesta sexta-feira na entrega do novo PS. 

 

A possível candidatura tem causado críticas no meio político. Além do senador Jayme Campos se desvencilhar do assunto, o presidente da Câmara de Vereadores Fábio Tardim (DEM) chegou a ironizar a pretensa candidatura do filho do prefeito. 

 

Sem esconder a indignação, o presidente da Câmara chegou a dizer que não entendia como Emanuelzinho poderia sonhar com a prefeitura 'se mal acabou de ganhar seu primeiro mandato como deputado' e, sobretudo, sem conhecer a realidade dos várzea-grandenses. 

 

“Se ele for, porque foi convidado pela base dele, ele se sentiu seduzido pelo convite, é uma decisão dele. E deve conversar com a família Campos e todas as lideranças políticas de Várzea Grande. O que vai virar isso, só Deus sabe, mas o foco dele é ser deputado federal”, acabou rearrumando a afirmação anterior o prefeito de Cuiabá lembrando que, no entantto, o ex-governador Júlio Campos teria sido prefeito de Várzea Grande aos 25 anos. (Colaborou Rafael Medeiros)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

marta - 01/06/2019

é jaime politica é no faz me rir,

1 comentários

1 de 1

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Soja Disponível R$/sc 57,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Boi a Vista R$/@ 135,00
Algodão R$/@ 90,09
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet