icon Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA 26.08.2019 | 10h:52

Mauro teme campanha internacional que possa denegrir e boicotar produtos do agronegócio de MT

Por: Marcio Camilo - O Bom da Notícia

O governador democrata Mauro Mendes credita que os concorrentes internacionais podem se aproveitar das notícias sobre as queimadas e desmatamento na Amazônia para patrocinar embargos aos produtos do agronegócio brasileiro, em especial a Mato Grosso.

 

Mauro diz que há uma desproporcionalidade nas notícias sobre o aumento do desmatamento, tanto fora como dentro do país, e que isso pode trazer um “dano gigante à economia brasileira”, que ainda é dependente das exportações das commodities de produtos agrícolas

Conforme o democrata, há uma desproporcionalidade nas notícias sobre o aumento do desmatamento, tanto fora como dentro do país, e que isso pode trazer um “dano gigante à economia brasileira”, que ainda é dependente das exportações das commodities de produtos agrícolas.

 

"O risco da imagem ambiental é muito forte. Nossos concorrentes internacionais podem patrocinar nas redes embargados propondo às comunidades que não adquiram centenas de produtos do agronegócio brasileiro", disse em entrevista à Rádio CBN Brasil, na manhã desta segunda-feira (26).

 

Conforme o gestor, se a imagem não for revertida, "o país pode mergulhar numa crise muito maior que viveu em 2015 e 2016", durante o Governo Dilma Rousseff (PT).

 

Ressalta que, de fato, existe o desmatamento, ressaltando que, porém, estes desflorestamentos não têm sido patrocinados pelos grandes produtores do agronegócio que são conscientes e plantam com foco na desenvolvimento tecnológico e preservação ambiental. “Até porque existem regras internacionais e dependemos desses países [Europa] para vendermos esses produtos".

 

Lembrou também que diferente dos demais estados amazônicos, a preservação da floresta aumentou em Mato Grosso nos últimos. Segundo Mauro, levantamentos recentes do Governo apontam que Mato Grosso reduziu o desmatamento ilegal em quase 20%.

 

Nesta terça-feira (26), Mauro e os demais governadores da região amazônica se reúnem em Brasília com o presidente Bolsonaro para debater medidas e recursos ao combate dos incêndios na floresta amazônica, uma vez que Mato Grosso é conhecido por ser a porta de entrada da Amazônia Legal.

 

Além da confirmação do envio do Exército e aviões, a expectativa é que durante a reunião Bolsonaro libe de R$ 28 milhões aos estados para enfrentar o problema. O recurso deve ser distribuído de acordo com a necessidade de cada região.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet