icon Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

DIZ DEPUTADO PROGRESSISTA 02.10.2019 | 08h:23

'PP não descarta candidatura de Margareth Buzetti'

Por: Marisa Batalha e Rafael Medeiros/O Bom da Notícia

(Foto: AL-MT)

deputado Paulo Araujo.jpg

 

O deputado Paulo Araújo assegurou nesta terça-feira (01), em conversa com jornalistas que fizeram a cobertura do VI Congresso Estadual de Vereadores, promovido pela União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT), no Teatro Zulmira Canavarros, na Assembleia Legislativa, que sua legenda - o Partido Progressista -, deve caminhar nas próximas eleições com o prefeito emedebista, Emanuel Pinheiro, em uma eventual reeleição do gestor.

 

Isto indiferente ao posicionamento de um de seus vereadores, Diego Guimarães, um dos mais ferrenhos opositores de Emanuel na Câmara sendo, inclusive, responsável por ter impetrado mandado de segurança no ano passado, para que a Casa de Leis da capital fizesse a recomposição da CPI do Paletó. E tendo assegurado seu deferimento, na Justiça, no último dia 23 de agosto, ainda que sua reinstalação esteja em meio a um imbróglio jurídico, depois que o presidente do Parlamento, Misael Galvão (PSB) entrou com recurso no Tribunal de Justiça para impedir que ela volte ao plenário.

 

De acordo com o deputado Paulo Araújo, a composição dos diretórios municipais, dão aos seus presidentes e às suas diretorias, segurança política e jurídica para que tomem as posições que acharem necessárias e que, claro, favoreçam a sigla no seu processo eleitoral

De acordo com o deputado Paulo Araújo, a composição dos diretórios municipais, dão aos seus presidentes e às suas diretorias, segurança política e jurídica para que tomem as posições que acharem necessárias e que, claro, favoreçam a sigla no seu processo eleitoral.

 

Lembrando que Vanderlúcio Rodrigues da Silva, além de presidente do diretório da legenda na capital, ainda é secretário de Obras de Pinheiro.

 

E ainda que todos no diretório não só sabem que Diego faz oposição ao gestor emedebista, como respeitam o posicionamento do parlamentar municipal, ainda que isto em nada mude quanto as decisões da legenda em caminhar com o gestor emedebista em Cuiabá.

 

"Sempre soubemos da posição do vereador Diego Guimarães. E se fosse para expulsá-lo, teríamos feito lá atrás. Respeitamos seu posicionamemto ideológico, claro, mas isto em nada interfere nas decisões do diretório sob o comando de Vanderlúcio".

 

Ainda lembrando que caso o prefeito desista de sua reeleição, o partido possui nomes que poderão sair como cabeças de chapa na disputa pela Prefeitura de Cuiabá, como Margareth Buzetti [que chefia a indústria de recapagem, recauchutagem, duplagem e vulcanização de pneus de caminhões e máquinas pesadas, a Buzetti Pneus/Drebor], ainda Vanderlúcio ou o vereador Vinicius Hugueney.

 

Mas ao ser questionado se outros nomes poderiam ser apontados em caso de uma candidatura própria, o deputado progressista foi enfático: não. Excluindo quaisquer possibilidades de que a sigla possa apontar Diego ou mesmo ele para esta disputa.

 

Brunna Maria

Diego

 

'Patinho feio ou cisne?'

 

No último final de semana o vereador progressista, Diego Guimarães, voltou a tecer fortes críticas ao presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão, ao lembrar que o presidente da Mesa Diretora do parlamento cuiabano, insiste em não recompor a CPI do Paletó. Mesmo sob o risco de estar descumprindo uma ordem judicial e ainda sob o risco que a Justiça entenda que Galvão esteja cometendo 'um crime de desobediência civil'.

 

Revelando, na ocasião, que teria até mesmo conversado com Misael sobre este descumprimento e perdas de prazos e "que isto poderiam resultar até em um afastamento dele [Misael] da Mesa Diretora".


O parlamentar também adiantou que caso o presidente da Casa de Leis continue descumprindo a ordem judicial, ele não descarta pedir a fixação de uma multa, que seja elevada, para impelir que o presidente cumpra a decisão. Lembrando que a Justiça pode, igualmente, pedir que o Ministério Público Estadual instaure um procedimento de desobediência civil.

 

"Ou ainda que o juizo, espontaneamente, ou a nosso pedido, analise a possibilidade de afastamento do presidente, já que ninguém está acima da lei. Ninguém, absolutamente ninguém, pode descumprir uma decisão judicial. Aliás, tem um velho ditado que diz que decisão judicial, cumpre-se".

 

Há mais de um mês [23 de agosto], a Justiça acatou o mandado de segurança impetrado por Guimarães que, no ano passado, ingressou com a ação judicial, alegando que os vereadores da base do prefeito, Mario Nadaf (PV), membro da CPI, e Adevair Cabral (PSDB), relator, teriam realizado uma manobra para beneficiar Pinheiro e implodir a investigação.

 

A CPI nasceu após viralizar nas redes sociais, um vídeo do prefeito, na época deputado estadual, sendo flagrado recebendo maços de dinheiro, em forma de propina, do ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa, Silvio Correa.

 

O prefeito emedebista também foi formalmente citado pelo ex-governador Silval Barbosa - em sua delação premiada e ainda na época da CPI do Paletó -, de estar entre os deputados que recebiam 'mensalinho', como forma de não investigar os desvios milionários, comandados pelo chefe do Executivo estadual, que eram realizados nas obras da Copa em 2014.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
LEITE R$/l 1,08
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet