icon Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

POLÍTICA - A | + A

FILANTRÓPICOS 14.03.2019 | 18h:16

Valternir Pereira diz que Emanuel está roubando dinheiro de emenda

Por: Alexandra Freire - O Bom da Notícia

OBDN

r

 

A celeuma criada entorno da destinação ou não da emenda de bancada R$12,4 milhões a Santa Casa de Misericórdia, continua. Após o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) afirmar por meio de nota, que o Ministério da Saúde não poderia receber o repasse e o ex-presidente da Santa Casa, Antônio Prezza, rechaçar a informação, foi a vez do também emedebista, o deputado federal Valtenir Pereira apresentar provas de que sim, o Emanuel tinha consciência do repasse desse montante à unidade filantrópica.

 

Em seu Facebook nesta quinta (14), Valternir escreveu que não está sendo leviano ao afirmar que prefeito está roubando o valor da tal emenda.

 

“Quando acuso o prefeito Emanuel Pinheiro de estar roubando o valor da emenda de bancada R$12,4 milhões destinados a Santa Casa de Misericórdia, não estou sendo leviano. Não vou permitir que nos 300 anos de Cuiabá esta unidade feche as portas”, disparou.

 

Nesse aspecto, destaca que articulou junto com os então deputados federais Ságuas Moraes(PT), Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSL) e o deputado licenciado Carlos Bezerra (MDB), juntamente com o senador Wellington Fagundes (PR) e o ex-senador Cidinho Santos (PR), para a liberação da emenda ao hospital.

 

“Fizemos um ofício ao secretário de Orçamento Federal, George Alberto de Aguiar Soares, a solicitação de empenho de emenda de bancada para Santa Casa de Misericórdia, ao fundo municipal de Saúde de Cuiabá. Como o hospital havia atingido o limite de recebimento de recursos, fizemos uma reunião junto com o prefeito Emanuel Pinheiro, o senador Wellington, o diretor da Santa Casa Antônio Prezza e o vereador Ricardo Saad, onde foi pactuado que o município receberia o montante e faria a transferência à Santa Casa posteriormente, o que não ocorreu”.

 

Ressalta que à época, que Emanuel tinha noticiado e disparado na imprensa material sobre os recursos de R$ 12,4 milhões que seria destinado a Santa Casa de Misericórdia.

 

“Estou preparando algumas medidas e vou ao Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE) expor essa situação”, complementou.

 

Ao final da postagem publicou anexos e prints de ofícios assinados, o parecer da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, e os releases e matérias da imprensa publicadas na época que o dinheiro é para Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá.

 

O ex-presidente da Santa Casa ao Jornal do Meio Dia, da TV Vila Real, Antônio Prezza disse que Pinheiro se equivoca ao não lembrar do acordo firmado sobre a destinação desse montante para ampliação de leitos do hospital

Um levantamento feito pelo site O Bom da Notícia mostra que sites da capital e da região metropolitana divulgaram o mesmo release enviados aos mailings dos veículos no dia 20 janeiro de 2018 com o título “Cuiabá garante R$ 12 milhões para ampliar a Santa Casa”.

 

Entres os portais estão o Olhar Direto, Folhamax e Blog do Valdemir. 


Conforme o material publicado nesta data, o prefeito emedebista Emanuel Pinheiro “garantiu um recurso federal de R$12,4 milhões, empenhado pelo senador Wellington Fagundes e o deputado federal Valtenir Pereira, que será destinado à Santa Casa da Misericórdia, possibilitando a ampliação de leitos e demais melhorias nos serviços de pronto atendimento da unidade de saúde”. O anúncio foi feito durante reunião entre o chefe do Executivo, os parlamentares e o presidente da casa de Saúde, Antônio Preza, em 19 de janeiro. Também participou da reunião, o vereador Ricardo Saad.

 

Em entrevista nesta quinta-feira (14), à Rádio Capital, o ex-presidente da Santa Casa, Antônio Preza, reafirmou a promessa de Pinheiro em repassar R$ 12,4 milhões à unidade hospitalar.

 

“Toda emenda de custeio tem uma normativa do Ministério da Saúde. Eu posso pegar até o teto com relação ao atendimento que eu fiz em média e alta complexidade no ano anterior. Desde 2015, nós estamos brigando, pedíamos repasse, fizemos greve. Então, a nossa produção foi baixa em 2016. Felizmente, os deputados e senadores, entenderam que nós somos necessitados. Essas emendas atingiram o teto. O deputado Valtenir e o senador Wellington conseguiram o recurso a mais para nós. Acima do teto. Então, esses recursos não poderiam vir CNPJ da Santa Casa. Naquela oportunidade, o deputado Valternir e o senador perguntaram para mim qual era minha relação com o Emanuel e eu disse que ótima. E aí conversamos sobre isso com o prefeito”, disse Prezza durante a entrevista.

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

ANEXOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:





















PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 20/05/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO




icon COTAÇÕES MT
Boi a Vista R$/@ 135,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Soja Disponível R$/sc 57,00
Algodão R$/@ 90,09
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet