BRASIL & MUNDO Terça-feira, 31 de Dezembro de 2019, 12:39 - A | A

Juiz nega pedido para proibir faixas de Luciano Hang com ofensas a Lula

IG Política

Faixas com ofensas ao ex-presidente Lula  foram exibidas no litoral catarinense arrow-options
Luciano Hang / Twitter / Captura de tela
Faixas com ofensas ao ex-presidente Lula foram exibidas no litoral catarinense


O pedido liminar feito pelos advogados do Partido dos Trabalhadores (PT) para que a Justiça proibisse a exibição de faixas com ofensas ao ex-presidente Lula , em voos de aviões financiados por Luciano Hang , dono da Havan , foi negado pelo juiz Fernando Machado Carbon i.  

A ação por calúnia e difamação foi anunciada no domingo (29), um dia depois de o empresário publicar nas redes sociais o vídeo de um avião carregando a mensagem: "Lula cachaceiro, devolve o meu dinheiro".

Segundo o portal NSC total, Carboni alegou que a proibição seria uma censura prévia , o que não é permitido pela Constituição. O juiz avisou, no entanto, que reparações por danos morais poderão entrar na pauta, desde que excessos sejam comprovados.

Plano

O vídeo que causou a polêmica foi publicado por Luciano Hang no dia 28 de dezembro. Apesar de não ter mencionado ser o financiador do ato no texto da publicação, o empresário já havia informado, também pelas redes sociais, no dia 1º de dezembro, que custearia "mensagens patriotas" exibidas em aviões no litoral catarinense. Na ocasião, deu alguns exemplos. Entre eles, estava justamente a frase exibida no vídeo do dia 28.



Fonte: IG Política


Imprimir

Comentários