Sábado, 18 de Maio de 2024

CIDADES Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 11:35 - A | A

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 11h:35 - A | A

DE OLHO

Procon orienta consumidor sobre cuidados durante período de promoções da Black Friday

Da Redação do O Bom da Notícia /Com Assessoria

Com a proximidade do tradicional ‘Black Friday’, 25 de novembro, quando o comércio oferece produtos com preços menores graças a promoções específicas que chegam até 70% de desconto,  o Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Cuiabá) chama atenção para que a população evite  o superendividamento. A assessora jurídica do órgão, Monise Rodrigues de Oliveira orienta que “todo cuidado é pouco” para evitar problemas.

Segundo ela, o primeiro passo é que a pessoa decida o que vai comprar, quanto quer e pode gastar e se realmente precisa daquele produto.

“É importante que o consumidor pesquise, para que no dia em questão verifique se o produto foi contemplado, de fato, com o desconto citado, pois temos casos de empresas que aumentam  o valor na véspera para depois baixar, o que chamamos de venda maquiada”, explicou Monise.  

Ela orienta ainda: “se possível, guardar os anúncios publicitários em casos de compras físicas. Se for por meio virtual, tirar o print da tela. Tudo isso serão provas na hora de abrir um procedimento. Outro fato importante é quanto ao prazo de entrega, solicitar ao vendedor ou imprimir o comprovante. Tudo deve ser documentado”, pontuou a assessora.

Monise lembra ainda que, o cidadão que desconfiar de alguma irregularidade, pode também registrar a denúncia para que os fiscais possam verificar in loco.

Para facilitar, o Procon disponibiliza ferramentas digitais como o aplicativo ‘Procon Cuiabá”, nas versões para Android ou IOS para tratativas de denúncias e reclamações. Uma pelo sistema Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.goncalvescordeiro.proconcuiaba&hl=pt_BR&pli=1 ou Sistema IOS https://apps.apple.com/pt/app/procon-cuiab%C3%A1-oficial/id1291882669.

Ou pelos telefones 65-3632-6400, o Whatsapp (65) 3641-6400 e e-mail- [email protected].  A orientação é para que antes de procurar o Procon, o cidadão contate o gerente do local para tentar solucionar o caso de forma amigável. Se não conseguir, pode nos procurar registrando a denúncia que tomaremos as medidas cabíveis”, finaliza.