Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

ESPORTES Sábado, 01 de Julho de 2023, 06:18 - A | A

Sábado, 01 de Julho de 2023, 06h:18 - A | A

SOLIDARIEDADE

Associação de karatê promove exame de faixa e entrega de kimonos a crianças e adolescentes carentes de Cuiabá

Da Redação do O Bom da Notícia/Com Assessoria

A Associação Centro América Shotokan promove exame de faixa para 277 crianças e adolescentes, que participam do projeto social “Karatê-Do Tradicional Esporte e Cidadania”. Os atletas também serão contemplados com a entrega de kimonos. O evento ocorre neste sábado, a partir das 7h30, no ginásio Dom Aquino, em Cuiabá

Participam os karatecas de quatro polos da Shotokan: Escola Municipal Ezequiel Pompeu de Siqueira (94 karatecas), no bairro Araés; Associação Beneditina da Providência (120), no bairro Pedra 99; Lar Benedito da Cura (17), no bairro Despraiado; e sede da Shotokan (46), no bairro Centro Sul, em Cuiabá.

"Depois de dois anos de pandemia, esse será o primeiro encontro das crianças, adolescentes e jovens, para um exame de faixa presencial. É importante dizer que durante a pandemia a equipe da Shotokan realizou mais de 753 ações online e uma delas foi o exame de faixa para aproximadamente 400 karatecas", recorda a sensei e diretora Social da Shotokan, Vilda Aparecida Lúcio.

No polo da escola Pompeu Siqueira, a diretora da unidade, Adair Neri da Cruz, destaca que o projeto tem transformado a realidade das crianças, que passaram a ter maior desenvolvimento intelectual e disciplina nos estudos. A consequência disso é que houve uma diminuição da evasão escolar.

"Hoje nós temos cerca de 100 estudantes no projeto do karatê dentro da unidade sem custo nenhum aos nossos estudantes e com os melhores senseis de Cuiabá", avalia.

A diretora destaca ainda que a parceria com a Shotokan tem sido fundamental para maior êxito do trabalho do corpo docente da escola.

"Só a agradecer ao envolvimento das famílias. Agradeço muito a Shotokan, nas pessoas do sensei José Humberto e da sensei Vilda Aparecida Lúcio. A transformação no comportamento das crianças, bem como a participação nos estudos, a diminuição das ausências nas aulas, ou seja: o karatê só trouxe benefício para nós", reforça.

Segundo o Sensei José Humberto, além das aulas formais de karatê, a Shotokan busca promover a educação e melhorias sociais por meio do esporte.

"Nós precisamos dar oportunidades às crianças, adolescentes e jovens carentes que temos à nossa volta. O objetivo é melhorar a qualidade educacional e, principalmente, ajudar as famílias a dar oportunidades ao esporte de descobrir novos talentos para futuros profissionais, seja no karatê ou outras modalidades esportivas", enfatiza o sensei.

Os projetos sociais da Shotokan contam com os apoios das seguintes organizações: Ministério dos Esporte e Lei de Incentivo ao fomento dos esportes, Agro Amazônia, Bom Futuro, Áster Máquinas, Ihara Bras, Fundação André e Lucia Maggi, Lavoro, Mon Bijoux, Energisa, Comper, Fort Atacadista, 1º Serviço Registral de Mato Grosso, Clínica Angel e os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cuiabá e Várzea Grande (FIA - CMDCA), Posto Zero Quilômetro, SICREDI Ouro Verde, Mega Som, UNESCO/Criança Esperança, SECEL – Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso, SAEL e RH Shop.