Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

O BOM DA VIDA Domingo, 18 de Junho de 2023, 12:01 - A | A

Domingo, 18 de Junho de 2023, 12h:01 - A | A

FOMENTAR

Turistas de 21 países visitaram Mato Grosso em busca de negócios, aventura e lazer

Da Redação do O Bom da Notícia com Assessoria

Turistas estrangeiros de 21 países visitaram Mato Grosso em 2022 em busca de negócios e eventos, aventura e ecoturismo. Os dados constam no Mapa do Turismo Internacional, elaborado pela Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo).

De acordo com o levantamento, os visitantes em Mato Grosso, predominantemente, falam inglês, espanhol, alemão, italiano, francês e mandarim, e são dos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Canadá, Cazaquistão, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, Portugal, Reino Unido, Rússia, Suécia, Suíça e Ucrânia.

Em Mato Grosso, os turistas visitaram 18 dos 141 municípios do Estado, sendo eles: Aripuanã, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Curvelândia, Lucas do Rio Verde, Mirassol d’Oeste, Nobres, Poconé, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande.

O secretário adjunto de Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Felipe Wellaton, destacou que uma das formas de atrair mais turistas estrangeiros para o Estado é apostar na promoção de Mato Grosso nas feiras do setor e em rodadas de negócios com operadores. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que cada R$ 1 investido na promoção internacional do turismo, R$ 20 entram na economia por meio do consumo feito pelos turistas.

“O turismo é um setor estratégico para economia estadual gerando emprego e renda. Esses estrangeiros consomem no comércio local dos municípios, beneficiando toda uma cadeia econômica nos hotéis, restaurantes e bares, guias de turismo, locação de automóveis, dentre outros”, comentou.

Desenvolvimento regional

Ao elaborar o Mapa do Turismo Interncional, o objetivo da Embratur é identificar as principais demandas de perfil de mão de obra e de capacitação profissional nos destinos brasileiros mais visitados por turistas estrangeiros. Com isso, realizar ações de qualificação profissional focadas nas necessidades imediatas, o que favorece o ingresso dos beneficiários dos programas sociais no mercado de trabalho.

Em Mato Grosso, a Sedec informou à Embratur que foram realizados cursos online no CadÚnico, como Auxiliar Cultural, Ecoturismo, Condutor de Observação de Aves, Guia de Excursão Nacional e América do Sul, Guia Regional de turismo, Guia de Turismo, Auxiliar de Hotelaria, Agente de Viagens, Culinária – Cozinha Regional e Recepção – Turista de Eventos.

Já o Programa de Qualificação Internacional em Turismo proporcionou a formação de taxistas em informações turísticas. Por sua vez, com Qualifica Turismo, foi ofertado o curso de Turismo, Inclusão e Acessibilidade.

Pelo Senac, também parceiro na formação de mão de obra qualificada, foram ofertados cursos de manuseio de alimentos, hospitalidade, condutor de turismo de natureza/aventura, camareira, mensageiro e marketing digital e redes sociais. Já pelo Senar foi ministrado o curso de Oportunidades de Negócios e Economia Criativa no Turismo Rural.