Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

O BOOM DA NOTÍCIA Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 14:25 - A | A

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 14h:25 - A | A

BURAQUEIRA NA CIDADE

Lúdio defende novo desenho nas linhas de ônibus e melhorias na infraestrutura de Cuiabá

O deputado e pré-candidato a prefeito argumenta que prioridade do contrato deve ser qualidade para a população que usa o transporte coletivo

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Lúdio Cabral (PT), deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, defende que seja feito um novo desenho das linhas de ônibus na capital, para melhorar a qualidade do transporte público coletivo. Na terça-feira (11), em entrevista à rádio Vila Real FM, Lúdio criticou a buraqueira na cidade e defendeu a necessidade de obras de infraestrutura em parceria com o Governo Federal e o Governo do Estado.

"Nós queremos os melhores quadros para governar a nossa cidade, porque há muitos problemas em todas as áreas. Existem problemas na mobilidade urbana, na infraestrutura, a buraqueira na cidade... olha a dificuldade que as pessoas vivem no trânsito em Cuiabá. Precisamos desde grandes obras de infraestrutura, e para isso tem que fazer parceria com o Governo Federal, com o Governo do Estado, e até medidas simples como organizar o trânsito de forma inteligente", declarou.

Lúdio citou o caso da Avenida República do Líbano, onde a Prefeitura de Cuiabá fechou uma grande rotatória na altura do Residencial Paiaguás e abriu outra, de menor tamanho, prejudicando o trânsito na região. É o tipo de situação a ser evitada com organização inteligente do trânsito, na avaliação de Lúdio.

Transporte coletivo

"Precisamos enfrentar o drama do transporte coletivo, que entra governo e sai governo e continua do mesmo jeito, com os donos das empresas mandando, ganhando dinheiro, enriquecendo e a população sofrendo. Cuiabá vai precisar de um prefeito que enfrente essa realidade no transporte coletivo. Nós não podemos colocar raposa para cuidar de galinheiro em Cuiabá", asseverou.

Um dos problemas mencionados pelo pré-candidato é o fato de a região do Coxipó concentrar um quarto da população da capital, mas não ter um terminal de integração.

"Tem que aumentar a frota, redesenhar as linhas de ônibus, organizar terminais de integração, ter mais ônibus nos horários de pico para as pessoas, para que viajem sentadas. A prioridade não pode ser o lucro do empresário, tem que ser a qualidade para a população trabalhadora que usa o transporte coletivo", disse.

Na entrevista, Lúdio ainda falou sobre a proposta de mutirão na Saúde Pública logo no início do mandato, caso seja eleito. E criticou a gestão financeira "temerária e desastrosa" da Prefeitura de Cuiabá, que acumula R$ 1,7 bilhão em dívidas até 2023.