Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

POLÍCIA Domingo, 15 de Novembro de 2020, 15:17 - A | A

Domingo, 15 de Novembro de 2020, 15h:17 - A | A

VÁRIOS ADESIVOS E CRACHÁ

Idoso é preso após ser flagrado realizando boca de urna em Diamantino

O Bom da Notícia

Na manhã deste domingo (15), um idoso de 63 anos foi preso após ser denunciado pela coordenadora da Zona Eleitoral, por fazer boca de urna em frente da escola Décio Furigo, no distrito de Deciolândia, em Diamantino (137 quilômetros de Cuiabá).

Ele foi detido com vários adesivos e crachá de identificação partidária (MDB, PSD E PSL). O suspeito abordava eleitores no portão do colégio, na tentativa de convencê-los a votar em um candidato.  

Foi solicitado que o mesmo se afastasse dos portões de acesso da escola. Inicialmente, o idoso chegou a atender a ordem, no entanto, minutos depois, voltou a investir em outros cidadãos que chegavam ao local.  

A equipe policia foi acionada e realizou a abordagem ao suspeito. Em entrevista aos militares, o homem alegou que estava trabalhando voluntariamente a um candidato. 

Diante da situação, ele foi encaminhado para a delegacia, onde foi registrado o boletim de ocorrência.

Segundo o artigo 87 da Resolução nº 23.610, de 18 de dezembro de 2019, fazer boca de urna é um crime eleitoral e sempre foi proibida no dia da eleição. A Lei também prevê punição de seis meses a um ano de detenção, multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 15 mil, além da a suspensão do título de eleitor para quem for pego praticando o crime.