POLÍCIA Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019, 13:01 - A | A

EM CUIABÁ

Pai tenta matar mãe e filhos acionam polícia

O Bom da Notícia

Crianças acionam Polícia Militar depois de pai desferir golpes de faca contra a mãe, em Cuiabá. Quando os policiais chegaram na residência da família, no bairro 1º de Março encontraram a vítima ferida, deitada em sua cama, com a faca ao lado do corpo e o marido ao seu lado, olhando para a mulher que sangrava. Tentativa de homicídio ocorreu na madrugada de sábado (14), por volta das 2h50, quando foi preso em flagrante Carlos Fernando da Silva, 38 anos.

 

Policiais acionaram atendimento médico do Samu que fez o resgate e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro da Capital. Ela apresentava perfurações na mão direita e abdome e foi encaminhada ao centro cirúrgico. As crianças revelaram que escutaram a briga do casal e depois os gritos da mãe. Então chamaram a Polícia e ficaram aguardando do lado de fora da casa, em desespero. 

 

A frieza do acusado assustou os militares durante o atendimento. Carlos teria dito que se fosse preso, ao sair vai matar a companheira G.D.S., 32, na primeira oportunidade. Em depoimento ao delegado plantonista Rogério Silva, decidiu manter-se calado. Mas em conversa informal com os policiais disse que durante a relação sexual com a esposa, coloca o dedo no umbigo dela e imagina que está com uma faca e que rasga o corpo dela de baixo para cima com a faca. 

 

As revelações chocaram as equipes que acreditam que o homicídio só não foi consumado por milagre. Autuado o suspeito seguiu para Audiência de Custódia, na tarde de sábado.

 

Violência doméstica

 

Entre os dias 8 e 26 de novembro, 210 pessoas foram autuadas em flagrante, outras 50 pessoas por força de mandados judiciais e cumpridas 10 buscas e apreensões em diversas cidades do estado por crimes relacionados à violência doméstica. Segundo a Polícia Civil as prisões foram por crimes relativos a violência sexual, estupro de vulnerável, ameaça e descumprimento de medida protetiva.

 

Foram concedidas pela Justiça neste período 243 medidas protetivas, a maioria delas nas regionais de Cuiabá, Barra do Garças e Tangará da Serra. A mobilização em Mato Grosso faz parte da “Operação Marias”, realizada em todos os estados do País em parceria com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC), com o objetivo de reprimir crimes relacionados à violência doméstica e familiar. 

 

Além das ações policiais com o cumprimento de mandados de prisão e autuações em flagrante, as regionais da Polícia Civil também desenvolveram atividades orientativas e de atendimento psicossocial.

 



Imprimir

Comentários