Sábado, 18 de Maio de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 26 de Março de 2024, 09:04 - A | A

Terça-feira, 26 de Março de 2024, 09h:04 - A | A

EM MT

Polícia Civil e Gaeco cumprem 24 mandados contra envolvidos em crimes patrimoniais

Da Redação do O Bom da Notícia com Assessoria

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) de Barra do Garças, e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagraram na manhã desta terça-feira (26.03), a Operação Contra-ataque Red, para cumprimento de 24 ordens judiciais contra um grupo criminoso investigado pela atuação em crimes de roubos e extorsões, ocorridos no município de Pontal do Araguaia.

As ordens judiciais foram expedidas pelo Núcleo de Inquéritos Policiais (Nipo) da Capital, sendo oito mandados de busca e apreensão, oito mandados de quebra de sigilo de dados informáticos e telemáticos e oito medidas cautelares de indisponibilidade de bens. Os mandados são cumpridos nos municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e na cidade de Aragarças (GO). 

A operação foi deflagrada com base em investigações iniciadas na Derf e na DEA de Barra do Garças para apurar roubos, furtos e extorsões ocorridos na cidade de Pontal do Araguaia, identificando pelo menos oito integrantes de uma organização criminosa envolvida na prática dos crimes.

Em seguida, a equipe do Gaeco em parceria com a Derf, com o avanço das investigações, acabou confirmando uma ramificação da organização criminosa com foco na prática, dentre outras infrações penais, de crimes patrimoniais. Com base nos elementos apurados, foi representado pelas ordens judiciais, que foram deferidas pela Justiça e são cumpridas nesta terça-feira (26).

Contra-ataque Red

O nome da operação é em alusão ao contexto que mira desarticular uma ramificação da organização criminosa com atuação em Barra do Garças, especializada em praticar crimes patrimoniais.