Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 14:58 - A | A

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 14h:58 - A | A

EM TANGARÁ DA SERRA

Polícia Civil prende homem por se apropriar de caminhão avaliado em R$ 295 mil

O Bom da Notícia/com Assessoria

Um homem suspeito de apropriação indébita de um caminhão avaliado em R$ 295 mil foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na noite de terça-feira (18.06), em ação realizada pelos policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá).

As diligências iniciaram após os policiais da Derf receberem informações sobre o boletim de ocorrência de apropriação indébita, registrado na cidade de Mirassol d’Oeste e denúncia de que o suspeito estaria na cidade de Tangará da Serra.

Segundo as informações, o suspeito fez um acordo com a vítima, pegou o seu caminhão de Mirassol d’Oeste no dia 7 de junho, supostamente para trabalhar com a prestação de serviços em uma fazenda em Tangará da Serra. Passados alguns dias, a vítima tentou por diversas vezes contato via telefone, porém o suspeito não respondia as mensagens.

Preocupada com a situação, a vítima se deslocou para Tangará da Serra, porém no endereço informado pelo suspeito, ninguém o conhecia. A vítima ainda recebeu informações de que, ao invés do caminhão estar numa fazenda, circulava pela cidade.

A vítima procurou a Polícia Civil para comunicar a ocorrência. A equipe da Derf iniciou o levantamento de informações e identificou o verdadeiro endereço do investigado.

Os policiais foram até a residência, porém o suspeito não foi localizado. Os policiais seguiram em diligências em diversos locais da cidade, recebendo informações de que o veículo estava estacionado em via pública no bairro Jardim Tarumã.

O investigado foi encontrado em um estabelecimento, ingerindo bebida alcoólica. Os policiais realizaram a abordagem do suspeito, que foi surpreendido em posse das chaves do veículo.

O homem foi conduzido à 1ª Delegacia de Tangará da Serra, onde foi interrogado e autuado em flagrante por apropriação indébita. Devido ao não pagamento da fiança arbitrada, o preso foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória local, ficando à disposição da justiça.

O caminhão foi restituído à vítima.