Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 22 de Agosto de 2023, 14:57 - A | A

Terça-feira, 22 de Agosto de 2023, 14h:57 - A | A

AÇÃO RÁPIDA

Polícia Militar prende dois suspeitos por sequestro e agressão em Cuiabá

O Bom da Notícia/com Assessoria

Policiais militares do 3º Batalhão prenderam, nesta terça-feira (21.08), dois suspeitos de sequestrar um homem e ameaçá-lo de morte em Cuiabá. A dupla exigiu transferências bancárias e agrediu a vítima com coronhadas. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, o homem relatou que estava chegando em seu estabelecimento quando foi surpreendido pelos suspeitos armados. 

Após ser rendido, homem foi levado para dentro do escritório, onde foi amarrado e teve o rosto coberto por um pano. Os suspeitos reviraram o local, exigiram transferências bancárias e queriam a caminhonete S-10 da vítima.

Ao saírem do local, o homem foi levado até um cativeiro, onde foi agredido com coronhadas. Segundo a vítima, os suspeitos tentaram fazer transfêrências bancárias, via Pix, mas não tiveram sucesso. A dupla, então, abandonou a vítima e o veículo. O homem conseguiu se soltar e pedir ajuda, acionando os militares.

Diante das informações e características dos suspeitos, as equipes acionaram apoio na região e identificaram dois homens em um veículo VW Polo com as placas cobertas. Assim que o motorista percebeu a presença dos militares, saiu em alta velocidade, dando início a uma perseguição policial no bairro Jardim Vitória. 

As equipes realizaram um cerco pela região, momento em que os suspeitos abandonaram o veículo e tentaram fugir a pé, sendo detidos em seguida. Um dos suspeitos possuí tornozeleira eletrônica. 

Eles quebraram os aparelhos celulares no momento da prisão e, questionados sobre o fato, afirmaram que integram uma quadrilha que aplica golpes pela internet. A dupla e o veículo apreendido foram encaminhados à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.  

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.