Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA NACIONAL Terça-feira, 02 de Maio de 2023, 16:02 - A | A

Terça-feira, 02 de Maio de 2023, 16h:02 - A | A

Janja conversa sobre promoção da igualdade com embaixadora dos EUA

EBC Política Nacional

A primeira-dama Janja Lula da Silva recebe, na tarde desta terça-feira (2), no Palácio do Planalto, a embaixadora Linda Thomas-Greenfield, representante dos Estados Unidos nas Nações Unidas.

A embaixadora veio ao Brasil para visita oficial de três dias, entre 2 e 4 de maio, cumprindo compromissos em Brasília e Salvador.

Após as boas-vindas, as duas terão uma reunião reservada, onde conversarão sobre a promoção da igualdade de raça e gênero, a segurança alimentar e outros temas relevantes em pauta na Organização das Nações Unidas (ONU).

Durante sua passagem pelo Brasil, Linda se reunirá com funcionários do alto escalão do governo brasileiro, membros da sociedade civil e organizações não-governamentais (ONGs). O foco da visita são os desafios e prioridades compartilhados, incluindo a promoção da democracia e cooperação multilateral, combate às mudanças climáticas, segurança alimentar, cooperação contínua em migração regional e garantia de equidade para comunidades raciais, étnicas e indígenas marginalizadas.

Em comunicado, o governo norte-americano informou que, em Brasília, a embaixadora se reunirá com autoridades do governo brasileiro para discutir a parceria de Brasil e Estados Unidos na região e nas Nações Unidas, inclusive sobre clima e segurança alimentar. Ela se reunirá com representantes da ONU e de ONGs que apoiam os mais de 250 mil migrantes, refugiados e solicitantes de asilo venezuelanos que estão no Brasil.

“A embaixadora Thomas-Greenfield também se encontrará com estudantes e pesquisadores de relações internacionais da Universidade de Brasília, onde falará sobre a força do relacionamento EUA-Brasil enraizado em nossos valores compartilhados e nos fortes laços entre nosso povo”, diz a nota.

Em Salvador, Linda reforçará o compromisso dos Estados Unidos em “revigorar” o plano de ação conjunta entre Brasil e Estados Unidos para o combate à discriminação racial e étnica e a promoção da igualdade. Ao lado da representante Especial dos EUA para Justiça e Igualdade Racial, Desirée Cormier Smith, a embaixadora participará de encontros com a sociedade civil e a juventude afro-brasileira sobre programas conjuntos que beneficiam comunidades raciais, étnicas e indígenas marginalizadas, incluindo pessoas de ascendência africana, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil.

Ela será a primeira autoridade ministerial a visitar Salvador desde que o plano de ação foi assinado pela então secretária de Estado Condoleezza Rice, em 2008 [http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//noticia/2008-10-31/brasil-e-eua-discutem-acoes-para-combater-discriminacao-racial].

Fonte: EBC Política Nacional