Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 26 de Abril de 2024, 09:33 - A | A

Sexta-feira, 26 de Abril de 2024, 09h:33 - A | A

QUEDA DE BRAÇO

Deputado que classificou PL como intervencionista foi favorável a ele na comissão

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

(Foto: Ilustração/Assessoria)

THIAGO NA BRIGA COM CLAUDIO.png

 

Consta no site da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, na ata da Reunião da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, registrada no dia 6 de dezembro de 2023, voto favorável do deputado estadual Claudio Ferreira(PL) ao Projeto de Lei n.° 952/2021, de seu colega de parlamento, Thiago Silva(MDB), que garante maior transparência ao consumidor.

A matéria virou polêmica depois que Claudio e Thiago -  ambos pré-candidatos à Prefeitura de Rondonópolisos -, trocaram farpas na sessão desta última quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa.

E após o paisagista acusar Thiago de apresentar um projeto intervencionista e capcioso, supostamente com a intenção de atrapalhar e multar pequenos empresários. 

Ainda que o PL tenha tão somente como objetivo divulgar o número do WhatsApp do Procon, nos estabelecimentos comerciais. Ele foi aprovado pelos deputados de forma unânime, inclusive, com a assinatura de Claudio Ferreira.

Vale lembrar que os projetos de lei que tramitam na Assembleia Legislativa só são votados em sessão plenária, após serem aprovados nas Comissões Parlamentares.

Assim, a atitude do deputado bolsonarista Claudio Ferreira, de usar o plenário para tecer duras críticas à proposta, mesmo tendo anteriormente sido favorável à ela, desvela o acirramento da disputa, na majoritária, em uma das cidades mais importantes de Mato Grosso.

Um cabo de guerra que tende a ganhar mais musculatura política já que as últimas pesquisas de intenções de votos, em Rondonópolis, colocam o deputado Thiago Silva como líder na corrida eleitoral.