Sábado, 18 de Maio de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 10:00 - A | A

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 10h:00 - A | A

MT NO STAFF DE LULA

Fávaro deve ser anunciado para comandar Agricultura no governo de Lula nesta quinta; Geller a Conab

Da Redação do O Bom da Notícia /Com Assessoria

O senador por Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), deve ser anunciado como ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) nesta quinta-feira (29). Assim, como já se cogitava, o senador passa a fazer parte do staff do novo governo do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Outro nome cotado para estar na equipe de Lula é do deputado federal cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, Neri Geller (PP), que deverá assumir a presidência da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), empresa pública com sede em Brasília, vinculada ao Ministério da Agricultura.

A Conab possui importância estratégica ao oferecer ao Governo Federal informações técnicas para embasar a sua tomada de decisão quanto à elaboração de políticas voltadas à agricultura. Para isso, fornece informações detalhadas e atualizadas sobre a produção agropecuária nacional, por meio de levantamentos de previsão de safras, de custos de produção e armazenagem, de posicionamento dos estoques e de indicadores de mercado, além de estudos técnicos que viabilizam a análise do quadro de oferta e demanda, dentre outros dados.

Já Fávaro, que foi coordenador da campanha de Lula em Mato Grosso, contou com reforço e conselhos de pessoas mais próximas de Lula, como o ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, um velho aliado do novo presidente, em especial em seu segundo mandato como presidente do país.

Para saber Maggi foi ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de maio de 2016 a 1º de janeiro de 2019. Foi o 53.º governador de Mato Grosso de 2003 a 2010 e senador da República de Mato Grosso de 2011 até maio de 2016. Nos últimos dias, Maggi fez conversas por telefone com a alta cúpula do PT, para apontar caminhos de como os petistas podem refazer as pontes com o agronegócio. 

Fávaro é conhecido pelo trabalho que desempenhou, nos últimos anos, à frente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja/MT), que o projetou para o mundo político e que acabou por elegê-lo senador em 2018. Ainda que tenha sido vice-governador na gestão de Pedro Taques.