Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 22 de Abril de 2024, 11:25 - A | A

Segunda-feira, 22 de Abril de 2024, 11h:25 - A | A

ELEIÇÕES DE 2024

Juca faz defesa à gestão de Emanuel e admite que pode 'peitar' disputa à Prefeitura de Cuiabá

Da Redação do O Bom da Notícia

Nesta últim semana, o deputado estadual Juca do Guaraná deixou bem claro a possibilidade de encarar uma disputa à Prefeitura de Cuiabá pelo MDB, mesmo que o diretório estadual da legenda já tenha fechado compromisso de seguir com o projeto eleitoral do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho(União Brasil) que, igualmente, disputa o comando do Palácio Alencastro nestas eleições de outubro, na capital.

O nome do parlamentar estava sendo cotado já há algum tempo, sem muitas manifestações, contudo, de Juca. Na última quinta-feira(18), Juca - ao site Veja Bem -, enfim, assumiu esta possibilidade de 'peitar' a majoritária, sob o argumento que a sigla teria sido responsável por reeleger o prefeito Emanuel Pinheiro, assim,  ele não teria problema dee realizar a defesa do legado de oito anos da administração do gestor emedebista e, desta forma, também manteria o protagonismo do partido na capital mato-grossense. 

“Eu defendo o protagonismo do MDB, elegemos o prefeito Emanuel e o reelegemos. Montamos uma chapa competitiva para vereadores com a expectativa de elegermos 4, então nada mais justo que o MDB continue nesse protagonismo tendo candidatura própria na majoritária”, disse.

Juca ainda admitiu que se sentiu feliz de ter o nome lembrado para a disputa e que pesquisas internas mostram que ele estaria pontuando bem para quem ‘surgiu agora’.

“Eu fico muito feliz de ter o meu nome lembrado, o nosso presidente Faiad tem afiançado nosso nome e saiu uma pesquisa e o nosso nome foi muito bem colocado, inclusive, na frente de alguns que são candidatos há anos. Tem gente que é candidato há quatro anos. Nosso nome tem sido ventilado e se posicionado bem”, disse.

O deputado igualmente aponta que como candidato terá um discurso de continuidade ao trabalho da gestão atual do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e melhorando os pontos que não deram certos ao longo dos oitos anos.

“Olha o prefeito Emanuel fez um bom  trabalho e eu vou defender as obras pois nós entregamos dois viadutos que desafogou o trânsito, entregamos o maior e mais moderno hospital, o HMC, asfalto nos bairros, principalmente na periferia, quase 200 praças, enfim as coisas boas nós vamos dar continuidade. E melhorar as coisas ruins em Cuiabá", explicou. 

E ao ser questionado sobre o fato do partido já ter fechado compromisso com a candidatura de Eduardo Botelho, o deputado estadual emedebista recomendou, em especial, a colega de Casa de Leis, Janaina Riva que seja mais partidária e reveja sua decisão.

“Eu respeito a colega Janaina Riva mas acho que ela tem que ser mais partidária. Até porque é uma eleição municipal e quem tem que fazer as decisões é o diretório municipal”, completou.

Só para entender, desde o ano passado o Movimento Democrático Brasileiro, em Mato Grosso, enfrenta uma divisão interna entre aliados do prefeito Emanuel Pinheiro e aliados da deputada Janaina Riva. Esta queda de braço tem de um lado o presidente da executiva municipal, sob a gestão do presidente Francisco Faiad, próximo ao atual prefeito e que defende candidatura própria até para realizar a defesa do gestor da capital e evitar, claro, que Emanuel vire um 'saco de pancadas'. Assim, tem batido na tecla que Juca do Guaraná reuniria as qualiddades necessárias para assumir esta missão.

 

Do outro lado está o diretório estadual que tem como presidente o ex-deputado federal Carlos Bezerra e como secretária geral Janaina, que faz defesa acirrada da candidatura do presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (União), que está aliado ao grupo político do governador Mauro Mendes (União), principal opositor de Emanuel.