Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 11:35 - A | A

Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 11h:35 - A | A

AUMENTO DE 212%

Stopa admite que ‘Câmara fez bem’ em derrubar aumento da tarifa de lixo, e cutuca Júnior Leite

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Em entrevista à jornalistas, o vice-prefeito José Roberto Stopa (PV) admitiu que os vereadores da Capital fizeram bem ao derrubar o decreto do Executivo que tentou elevar em 212%, via decreto, a taxa do lixo. Por unanimidade, o decreto foi derrubado pelos 25 vereadores de Cuiabá, em sessão extraordinária na segunda-feira (22) na Câmara Municipal.

“A taxa de lixo é uma questão em nível nacional. Mas o que se discutiu na última semana foi o aumento da taxa, e isto aconteceu porque 75% das pessoas são isentas. Então, obviamente, a Câmara fez bem em derrubar. Pois vai se reestabelecer um novo princípio, onde torço para que igualitariamente todos paguem. Porque não é justo que só 20%, 30% paguem por uma coleta de 100% da população”, disse.

Na oportunidade, ele aproveitou para dar uma alfinetada no diretor-presidente da Empresa Pública de Limpeza Urbana (Limpurb), Júnior Leite. “Agora obviamente que a Limpurb tem que dar uma melhoradinha na coleta de lixo”, alfinetou.

Vale lembrar que o decreto foi assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) no dia 28 de dezembro. Que para muitos palamentares, em especial, os que fazem oposição ao prefeito, foi feito 'na calada da noite', já que a elevação da taxa só veio a público dias mais tarde.

No documento estava definido que moradores de imóveis que recebessem o serviço de coleta de lixo três vezes por semana deixariam de pagar R$ 10,60 para começar a pagar R$ 33,10.