Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 15 de Maio de 2023, 08:23 - A | A

Segunda-feira, 15 de Maio de 2023, 08h:23 - A | A

EMENDA

Thiago Silva destina R$ 350 mil para aquisição de van adaptada à Apae de Nobres

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Nobres recebeu o valor de R$ 350 mil para a compra de uma van adaptada que vai contribuir no transporte dos alunos com necessidades especiais e mobilidade reduzida. Esse benefício foi garantido por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Thiago Silva (MDB) que chegou a visitar a instituição e identificou a necessidade deste veículo para a instituição

“Tive a oportunidade de conhecer a estrutura e o trabalho desenvolvido pela Apae de Nobres, em agosto de 2021. Na oportunidade, me apontaram a necessidade de uma van, já que o veículo que possuíam sempre apresentava problemas, o que interferia no transporte das crianças. Fico feliz pela liberação do recurso e contribuir com essa importante instituição filantrópica que atua na inclusão social e garante os direitos da família. Contem comigo”, disse o parlamentar.

O diretor social da Apae, Edmar Xavier Pires, contou que Thiago Silva foi o primeiro e único deputado que visitou a instituição e que não mediu esforços para contribuir com a compra do veículo. “Esse benefício é de extrema necessidade para a Apae. O deputado deu uma alavancada na Apae de Nobres, só Deus, mesmo! Não tínhamos alunos direito, por falta de veículo. Nossa alegria é tremenda. Temos uma gratidão tão grande, foi o único que veio conhecer a nossa instituição”, declarou.

Ele conta que além da emenda, já estão em negociação e captação para conseguir novos recursos como contrapartida, para a compra da van adaptada. “Já estamos levantando os orçamentos para conseguir uma contrapartida com outros parceiros e, assim, adquirir esse veículo. Precisamos de uma van adaptável com capacidade para umas 22 ou mais pessoas”, explicou Xavier.

A missão da instituição é promover e articular ações de defesa de direitos e prevenção, prestação de serviços e apoio à família, sendo que devem estar direcionadas à qualidade de vida de pessoas com deficiência intelectual para que, consequentemente, proporcione a construção de uma sociedade justa, igualitária e solidária.