Sábado, 18 de Maio de 2024

TECNOLOGIA Quinta-feira, 10 de Novembro de 2022, 16:03 - A | A

Quinta-feira, 10 de Novembro de 2022, 16h:03 - A | A

Musk vai prejudicar privacidade dos usuários, diz advogado do Twitter

Tecnologia

Twitter pode ter novidades que prejudicam privacidade de dados
Unsplash/Jeremy Bezanger

Twitter pode ter novidades que prejudicam privacidade de dados

Um advogado da equipe de privacidade do Twitter afirmou que Elon Musk está conduzindo a empresa a riscos de multas bilionárias por falhas em proteger a privacidade dos usuários. A afirmação foi feita em uma mensagem interna enviada via Slack para todos os funcionários, revelada pelo The Verge nesta quinta-feira (10).

Na mensagem, o advogado disse que "Elon mostrou que sua única prioridade com os usuários do Twitter é como monetizá-los". "Não acredito que ele se importe com os ativistas de direitos humanos, os dissidentes, nossos usuários em regiões não monetizáveis ​​e todos os outros usuários que fizeram do Twitter a praça global que vocês passaram tanto tempo construindo, e que todos nós amamos", continuou ele.

O funcionário ainda cita um acordo entre Twitter e a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos  (FTC, na sigla em inglês), no qual a empresa foi multada por usar informações pessoais dos usuários para segmentar anúncios sem consentimento. O advogado afirma que Alex Spiro, atual chefe do Departamento Jurídico do Twitter e advogado de confiança de Musk, disse que o bilionário "não tem medo da FTC".

"Ouvi Alex Spiro dizer que Elon está disposto a assumir um risco enorme em relação a esta empresa e seus usuários, porque 'Elon coloca foguetes no espaço, ele não tem medo da FTC'", escreveu o funcionário. 

"Isso colocará uma enorme quantidade de risco pessoal, profissional e legal para os engenheiros: eu prevejo que todos vocês serão pressionados pela administração a promover mudanças que provavelmente levarão a grandes incidentes", continuou.

Por conta de possíveis incidentes de segurança, o que o advogado classificou como "extremamente perigoso para nossos usuários", ele ainda prevê que a FTC pode multar o Twitter em bilhões de dólares.

Na mensagem, o funcionário ainda sugere que engenheiros denunciem a empresa caso sejam coagidos a tomarem medidas que podem afetar a segurança dos usuários.

De acordo com o The Verge, vários executivos da equipe de privacidade e segurança pediram demissão depois que Musk assumiu a empresa, incluindo o diretor de privacidade da empresa, Damien Kieran, a diretora de segurança da informação, Lea Kissner, e a diretora de conformidade, Marianne Fogarty.

Nesta quarta-feira (9), Musk usou sua conta no Twitter para avisar que a empresa "fará muitas coisas estúpidas nos próximos meses". "Vamos manter o que funciona e mudar o que não funciona", acrescentou.


Fonte: IG TECNOLOGIA