Sábado, 20 de Julho de 2024

VARIEDADES Terça-feira, 18 de Julho de 2023, 11:34 - A | A

Terça-feira, 18 de Julho de 2023, 11h:34 - A | A

Mulher deixa emprego para viver ‘vida de van’ e faz um alerta

Turismo

Ela deixou a vida de enfermeira para viajar pelo país em uma van
Reprodução/Instagram

Ela deixou a vida de enfermeira para viajar pelo país em uma van

Exausta pela rotina do trabalho de enfermeira por oito anos, uma mulher decidiu comprar uma van e mudar completamente sua vida viajando por todo o país – ela deixou tudo para trás, incluindo o marido, que só vê uma vez por mês.

Melissa Hungerford, de 36 anos, já visitou 38 dos 50 estados dos Estados Unidos e planeja visitar os outros 12 até o final do ano. “Sempre adorei o ar livre e queria a liberdade de ir a lugares onde nunca estive antes”, disse ela ao NeedToKnow.co.uk.

“A vida como enfermeira no hospital envolvia longas horas e eu trabalhava à noite, então meu horário de sono era um pouco maluco”, continuou ela. “Então, eu definitivamente tinha dias em que estava exausta.”

A ex-enfermeira diz amar sua nova vida na estrada, mas admite que tem suas desvantagens - uma delas é que ela só vê o marido, Todd, que trabalha na indústria musical, apenas a cada quatro ou seis semanas.

“Sinto tanto a falta dele”, ela admitiu. “Ele gostaria de poder viajar comigo, mas seu trabalho não permite.”

Melissa disse que não queria desistir completamente de trabalhar como enfermeira, então decidiu trabalhar como enfermeira de viagens, fazendo turnos em várias unidades infantis.

“Trabalhei com adultos por quatro anos antes de mudar e trabalhar com bebês”, explicou ela, acrescentando que era algo com o que sempre sonhou, mas tinha medo de arriscar. “É muito assustador ir a algum lugar onde você nunca esteve, onde você não conhece ninguém e basicamente se arrisca.”

Para isso, ela comprou uma van adaptada por US$ 75 mil (equivalente a R$ 360 mil na cotação atual) e gastou mais US$ 10 mil (R$ 48 mil) para reformá-la para servir como sua casa móvel.

“Fiz uma cama, acrescentei armários, bancadas e uma claraboia”, explica. “Também atualizei o banheiro para um banheiro de compostagem e troquei a geladeira [depois] arranquei o chuveiro que nunca usei e criei um sofá, como um banco.”

Apesar de admitir sente falta de algumas coisas da vida em uma casa tradicional, não há nada que a faça querer voltar até o momento.

“Você precisa se preocupar com o uso de água, descarte de dejetos humanos, descarte de lixo, espaço menor e redução de tamanho”, disse ela. “Às vezes sinto falta de ter um espaço maior de uma casa tradicional, mas não o suficiente para me fazer voltar.”

Melissa encoraja qualquer pessoa que queira tentar a vida em uma van, mas avisa que é preciso estar preparado para que as coisas deem errado e se saiba como consertá-las.

“Eu absolutamente recomendo meu estilo de vida! Apenas certifique-se de estar pronto para isso”, alertou ela, lembrando que o que se vê nas redes sociais não reflete a realidade .

“Você vai bater a cabeça nas coisas ou quebrar o dedo do pé”, disse ela. “Mas a chave é não deixar que isso o impeça de começar, por que você escolheu viver esse estilo de vida.”

Agora você pode acompanhar o iG Turismo também no Instagram e no Facebook!

Fonte: Turismo