Domingo, 14 de Julho de 2024

BRASIL & MUNDO Sábado, 20 de Maio de 2023, 16:03 - A | A

Sábado, 20 de Maio de 2023, 16h:03 - A | A

Lula fecha 2º dia no Japão com reunião com premiê alemão

EBC Internacional

O segundo dia da visita do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao Japão foi encerrado com um jantar oferecido pelo primeiro-ministro japonês Fumio Kishida neste sábado (20) aos líderes que participam da cúpula do G7. Antes Lula reuniu-se com o primeiro-ministro da Alemanha, Olaf Scholz.

Os dois debateram sobre construção de caminhos para a reconstituição da paz na Ucrânia e sobre a agenda ambiental. Eles também acertaram a segunda edição das Consultas Intergovernamentais de Alto Nível Brasil-Alemanha, prevista para 4 de dezembro, em Berlim.

As consultas consistem em encontros bianuais, entre os chefes de governo dos dois países, acompanhados de membros de alto escalão de seus gabinetes. O objetivo é avaliar e promover parcerias, identificar campos para cooperação e aprofundar o diálogo sobre temas da agenda global.

Em seu perfil na rede social Twitter, Lula escreveu que foi um prazer reencontrar Scholz. “Já estivemos juntos este ano no Brasil, e agora, no Japão, reafirmamos a retomada das boas relações entre nossos países, com diálogo e cooperação”.

O encontro com Scholz foi o último de um dia cheio em Hiroshima, onde Lula participa da cúpula do G7, como chefe de governo de um dos oito países convidados. O presidente brasileiro participou de duas reuniões com as lideranças de outros 14 países e da União Europeia, além de ter tido reuniões bilaterais com Kishida; com o presidente da Indonésia, Joko Widodo; com a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, e com o presidente francês, Emmanuel Macron.

“Muitos diálogos importantes nessa volta do nosso país a um encontro do G7. Amanhã tem mais!”, Lula escreveu no Twitter, ao comentar sobre as reuniões deste sábado.

Com Macron, Lula conversou sobre a proteção da Amazônia, a guerra na Ucrânia, cooperação em defesa e ampliação de trocas na área da cultura. Depois do encontro, o presidente francês publicou, em seu perfil no Twitter, sobre as relações entre Brasil e França.

“Em Paris, em junho; no G20 na Índia, em setembro; e depois no Brasil, no ano que vem; vamos forjar um pacto financeiro contra a pobreza, pelo clima e pela natureza”, escreveu Macron, cuja mensagem foi retuitada pelo presidente brasileiro, com uma versão em português para o texto.

Terceiro dia

Lula chegou ao Japão na sexta-feira (19). O terceiro dia de viagem ao Japão prevê novas reuniões bilaterais e mais um encontro do G7. A agenda começa às 20h30 deste sábado no horário de Brasília (8h30 de domingo no horário de Hiroshima), com uma visita dos líderes do G7 e países convidados ao Parque Memorial da Paz, um monumento às vítimas do bombardeio nuclear americano à cidade japonesa na Segunda Guerra Mundial.

Depois da visita, tem encontros bilaterais com os primeiros-ministros do Canadá, Justin Trudeau, e da Índia, Narendra Modi. Em seguida, tem a terceira sessão de trabalho do G7, com o tema Rumo a um mundo pacífico, estável e próspero.

Já na madrugada de domingo (à tarde no Japão), Lula tem encontros com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres; com o primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh; com o presidente das Ilhas Comores, Azali Assoumani; e com conglomerados empresariais e banco de financiamento japoneses.

Fonte: EBC Internacional