Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

CIDADES Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 11:33 - A | A

Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 11h:33 - A | A

EM CUIABÁ

Assistência Social promove roda de conversa sobre Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial

O Bom da Notícia/ Com Assesssoria

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, realiza nesta terça-feira (11), a partir das 14h, na unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do bairro Pedra 90, em Cuiabá, Roda de Conversa para debater e chamar para reflexão a respeito da discriminação e do preconceito. 

As ações sociais que estão sendo realizadas desde o início do mês, são alusivas ao Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, celebrado em 03 de julho, nas unidades socioassistenciais, como os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Convivência de Idosos (CCI’s) com atividades de sensibilização da população sobre o tema.

“O Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial pode ser considerado como um momento importante para reflexão sobre a necessidade da mobilização e da luta contra o preconceito racial. A data celebra o respeito à diversidade, fator necessário para que sejam construídas sociedades melhores e com uma democracia cada vez mais evoluída. Por isso que, a Assistência Social, dentro do cronograma anual de atividades, realiza atividades que despertam na população esse sentimento de combate ao preconceito e ao racismo”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

A programação segue com mais um encontro em grupo, na unidade do Cras do bairro Dom Aquino, na próxima semana, 21 de julho, a partir das 14h. Haverá uma Roda de Conversa com o tema “Avanços nos Direitos da População Negra”. Nesse mesmo dia, a partir das 14h30, a ação de mobilização popular será no Cras Jardim União. O tema que será abordado durante o encontro, será sobre a Discriminação Racial na Infância.

Para o dia 28, a partir das 14h, será a vez das mulheres acolhidas na Casa de Amparo. E para encerrar a programação, a atividade ocorrerá no Cras Nova Esperança, no mesmo horário.