Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

CIDADES Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 10:12 - A | A

Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 10h:12 - A | A

NESTA QUARTA

Projeto Piano Gente chega ao terceiro encontro com apresentação no TCE nesta quarta

Da Redação do O Bom da Notícia com Assessoria

O terceiro encontro do projeto Piano Gente será realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) nesta quarta-feira (19). O projeto busca não apenas conscientizar, mas também promover ações concretas e coordenadas entre diversas esferas da sociedade e do governo, visando um futuro mais seguro e justo para todas as mulheres.

O lançamento foi realizado no último dia 24 de maio na ala de acolhimento da Defensoria Pública de Mato Grosso em Cuiabá, e a segunda edição ocorreu na Câmara Municipal de Cuiabá-MT e contou com a presença de importantes figuras e instituições.

O projeto conta com a parceria da Assembleia Legislativa e Governo do Estado por meio da Secretaria Estadual de Esportes e Lazer e pretende levar o debate por políticas públicas aos bairros de Cuiabá e Várzea Grande no enfrentamento e na prevenção e combate à violência contra a mulher. Ao todo são 8 encontros.

Dario Scherner, idealizador do projeto, ressaltou a importância de levar a mensagem do projeto.

 “Sabemos que é obrigação do estado promover a segurança e esperamos que nosso trabalho seja objeto de reflexão para uma discussão mais ampla sobre o tema e, por que não, uma ação coordenada entre as gestões municipais no combate à violência contra a mulher.”

Participam do evento

– Psicólogas Cognitivas: Especialistas que trouxeram uma visão técnica sobre os impactos psicológicos da violência doméstica.

– Patrulha Maria da Penha da PMMT: Sob o comando da Oficial Vanessa Sá, a patrulha apresentou suas ações e estratégias no combate à violência contra a mulher.

– Delegada Judá Marcondes: Titular da Delegacia da Mulher da PJC, trouxe dados e relatos sobre a realidade enfrentada pelas vítimas.

– Vastir Maciel: Líder nacional do Projeto As Justiceiras, que compartilhou experiências e boas práticas na defesa dos direitos das mulheres.

– Fabiana Auxiliadora: Coordenadora da Casa de Amparo de Cuiabá-MT, destacou a importância do acolhimento e suporte às vítimas.

– Movimento Conecta: Representantes que reforçaram a necessidade de uma rede de apoio integrada.

Para acompanhar todas as ações do projeto, siga @pianogente nas redes sociais.