Sábado, 25 de Maio de 2024

CIDADES Terça-feira, 26 de Março de 2024, 11:30 - A | A

Terça-feira, 26 de Março de 2024, 11h:30 - A | A

ENSINO SUPERIOR

UFMT recebe R$ 3 milhões para reativar zoológico e R$ 2 milhões para obras no Hospital Veterinário

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

A Universidade Federal de Mato Grosso(UFMT) vai ter disponível em caixa este ano a quantia de R$ 3 milhões para investir na reativação do Zoológico no campus Cuiabá. Esse dinheiro é resultado de uma emenda parlamentar de autoria do deputado federal Abilio Brunini (PL) feita em conjunto com a bancada de Mato Grosso na Câmara dos Deputados.

Essas emendas foram inclusas no Orçamento Geral da União (OGU) e são impositivas, ou seja, tem o dever de serem cumpridas pela Presidência da República.

O Zoológico da UFMT foi fechado em 2018 por conta da falta de verbas para manutenção. Para o deputado Abilio Brunini, o dinheiro é de suma importância, contribuindo para a UFMT oferecer atrativos a sociedade, ao mesmo tempo em que colabora com atividades de ensino e pesquisa.

"Articulamos com a bancada esse investimento importante para a comunidade acadêmica. Espero que seja devidamente concluído pela administração do campus da UFMT", pontua.

Também foi destinado pelo deputado federal Abilio Brunini, em apoio com a bancada, R$ 2 milhões para investimentos em obras e ampliação do Hospital Veterinário. "A ideia com este dinheiro é assegurar a prática acadêmica dos futuros médicos veterinários e ampliar a capacidade de serviços destas unidades", explica Abilio

Atualmente, a UFMT oferece, nos campus de Cuiabá e Sinop, atendimentos clínicos e cirúrgicos de animais de pequeno e grande porte, além de animais silvestres. No formato de Projeto de Pesquisa e Extensão, os Hospitais Veterinários (Hovet’s) funcionam como escola para os estudantes da graduação e proporcionando atendimentos para a comunidade da região, com serviços de vacinação.

As unidades realizam também curativos, transfusões, fluidoterapia, punções, oxigenioterapia, eletrocardiograma, testes laboratoriais, exame de líquido cefaloraquidiano, cultivos de bactérias e fungos, pesquisas de parasitas em sangue e fezes, secreção respiratória e atos anestésicos e cirúrgicos.

Outras emendas do deputado federal Abilio Brunini que contemplam a UFMT são R$ 500 mil para projetos de infraestrutura, outros R$ 500 mil para equoterapia, que é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências. Foi destinado ainda R$ 2,5 milhões para investimentos no Centro de Convivência.