Sábado, 25 de Maio de 2024

O BOOM DA NOTÍCIA Sexta-feira, 12 de Abril de 2024, 09:18 - A | A

Sexta-feira, 12 de Abril de 2024, 09h:18 - A | A

EXEMPLO

Ouvidoria eleitoral de Mato Grosso recebe elogios em evento nacional

O Bom da Notícia/com Assessoria

Durante o XVI Encontro do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral, realizado em Manaus nos dias 10, 11 e 12 de abril, a Ouvidoria Eleitoral de Mato Grosso foi destacada como exemplo de excelência em seu trabalho. O palestrante Leonardo Hernandez, juiz auxiliar no Gabinete do Ministro Kássio Nunes Marques, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), enalteceu a importância da Ouvidoria do TRE-MT como a primeira ouvidoria do Judiciário Eleitoral instalada no país em 2004 e ressaltou o trabalho desenvolvido, incluindo os méritos do servidor aposentado Gilson Verlangieri.

O evento, que ocorreu pela primeira vez em Manaus, reuniu representantes dos ouvidores e ouvidoras eleitorais em nível nacional, sendo sediado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM). A programação contemplou uma série de palestras e apresentações sobre temas relevantes, desde o uso da inteligência artificial no contexto das ouvidorias até o papel das ouvidorias para as Eleições de 2024.

Destacou-se, no segundo dia do evento, a palestra conduzida pelo magistrado Leonardo Hernandez, que abordou especificamente a experiência e a importância das ouvidorias no contexto eleitoral, sendo seguida por um painel de honra que discutiu os desafios e perspectivas para as Eleições de 2024, com a participação de autoridades do TRE/AM e TRE/GO.

“A Ouvidoria Eleitoral de Mato Grosso está sendo reconhecida nacionalmente por sua eficiência e compromisso com a cidadania, um exemplo inspirador para outras instituições, reforçando o papel fundamental das ouvidorias na construção de uma democracia cada vez mais participativa e transparente. Foi com alegria que recebemos esse reconhecimento por parte do Dr Leonardo Hernandez, magistrado que já atuou em MT e hoje faz parte, como Juiz Auxiliar representante da mais alta corte do país”, ressaltou a Coordenadora de Pessoal e Presidente da Comissão Gestora de Politicas de Gênero do TRE-MT, Cristiane Kimura.

No encerramento do encontro, foi realizada a reunião do Colégio de Ouvidores, culminando na aprovação da Carta de Manaus, documento que reafirma o compromisso das ouvidorias eleitorais em promover a transparência, a eficiência e a participação cidadã no processo democrático.

Pela segunda vez, o COJE ocorreu junto com o Encontro Nacional do Colégio de Ouvidorias Judiciais das Mulheres (COJUM), que promoveu seu terceiro encontro para debater os desafios e perspectivas desses órgãos no enfrentamento à violência contra a mulher.

“Dentre as várias palestras desse evento, destaco a da professora e doutora Lis Soboll, que falou sobre a importância do acolhimento às pessoas que recorrem às Ouvidorias para buscar amparo em situações de violência de gênero, foi destacado a necessidade de preparo adequado para a escuta qualificada que deve ocorrer de forma calorosa e fraternal. Estão sendo dias muito produtivos, com apresentação de propostas diferentes e novos caminhos para as Ouvidorias”, destacou a Ouvidora da Mulher do TRE-MT, Suzana Guimarães Ribeiro.

O ouvidor eleitoral de Mato Grosso e juiz-membro do TRE-MT, Jackson Coutinho, ressaltou a importância do encontro. "Em nome da Ouvidoria Eleitoral de Mato Grosso, agradecemos a oportunidade de participar do XVI Encontro do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral em Manaus. Esse evento destaca a relevância das ouvidorias no fortalecimento da democracia, promovendo transparência e participação cidadã. Agradecemos ao palestrante Leonardo Hernandez e a todos os envolvidos por enriquecerem esse diálogo essencial para o avanço de nossa sociedade."