Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA NACIONAL Sexta-feira, 10 de Março de 2023, 14:34 - A | A

Sexta-feira, 10 de Março de 2023, 14h:34 - A | A

Alerta de desmatamento na Amazônia bate recorde no mês de fevereiro

Política Nacional

Áreas de desmatamento na Amazônia
Alberto César Araújo/Amazônia Real - 18.07.2022

Áreas de desmatamento na Amazônia

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais ( Inpe ) divulgou nesta sexta-feira (10) que a Amazônia teve novos recordes de alerta de desmatamento no mês de fevereiro. As áreas degradadas foram de 291 km² para 322 km².

Em fevereiro do ano passado, a maior área desmatada da Amazônia foi de 198,67 km². Neste ano, os alertas foram registrados em maior parte em Mato Grosso (162 km²) e no Pará (46 km²).

A alta de desmatamento ocorre após uma redução de 61% da prática no mês de janeiro , quando comparado com 2022.

O sistema de alerta funciona como uma prévia, que indicam altas chances de destruição florestal em determinada área. Neste caso, o Inpe também alerta para áreas em processo de degradação florestal, tendo práticas como a exploração de madeira, mineração, queimadas e outras. 

A Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro, e abrange a área de 8 estados (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) e parte do Maranhão.

Os alertas de desmatamento são feitos e registrados pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter). São produzidos sinais diários de alteração na cobertura florestal para áreas maiores que 3 hectares (0,03 km²), tanto para áreas totalmente desmatadas como para aquelas em processo de degradação florestal.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política