Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA NACIONAL Terça-feira, 04 de Julho de 2023, 19:05 - A | A

Terça-feira, 04 de Julho de 2023, 19h:05 - A | A

Beto Faro celebra lançamento do Plano Safra 2023-2024

Agência Senado

O senador Beto Faro (PT-PA) destacou em pronunciamento no Plenário, nesta terça-feira (4), o lançamento do Plano Safra 2023-2024, para custear o plantio e os investimentos na produção agropecuária. Ele destacou que o Plano Safra anunciado pelo governo federal para o apoio à agricultura empresarial e familiar, terá impactos positivos não só para os agricultores, mas para a indústria, o meio ambiente, para o comércio exterior, e para a população, com a redução da inflação. 

Beto Faro ressaltou que o plano disponibilizará R$ 364 bilhões para agricultura empresarial, enquanto o plano para agricultura familiar contará com R$ 77 bilhões. Ele destacou que o principal compromisso do plano é o com a sustentabilidade ambiental. O senador explicou que quem priorizar a produção agrícola com baixo impacto ambiental será beneficiado com taxas juros menores em linhas de crédito.

— Aqueles agricultores que se dedicarem à produção de alimentos básicos, como arroz, feijão, mandioca, tomate, leite, ovos, entre outros, terão taxa de juros mais baixa e prioridade de acesso ao crédito, garantindo assim o incremento na produção de alimentos que vão à mesa do povo brasileiro e enfrentando, de forma aberta, a inflação dos alimentos que tanto mal fez ao povo brasileiro nos últimos anos — ressaltou.

Outra medida do Plano Safra para beneficiar a produção nacional, apontada pelo senador, é a modernização da produção com estímulos para a compra de máquinas e equipamentos, sistema de irrigação e estrutura para armazenagem. Com a disponibilidade de recursos o programa vai contribuir para a geração de emprego e renda nas cidades e o desenvolvimento econômico do país. Além disso, o parlamentar ressaltou o estimulo a produção interna de alimentos.

— Fica evidente que resultados robustos virão do campo. A produção vai aumentar, os preços dos alimentos lá no supermercado vão cair e os agricultores terão aumento da renda. O campo ficará mais próspero e mais feliz — concluiu.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado