Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 15 de Novembro de 2020, 15:56 - A | A

Domingo, 15 de Novembro de 2020, 15h:56 - A | A

EM MATO GROSSO

29 são presos por 'boca de urna' em MT, oito detidos pela Polícia Federal

O Bom da Notícia

Na tarde deste domingo(15), em balanço das eleições municipais no estado, repassado pelo Tribunal Regional Eleitoral, de forma virtual, 29 pessoas foram presas acusadas de fazer 'boca de urna'

Crime que - de acordo com a legislação eleitoral -, pode ter como punição desde detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa no valor de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

Oito delas foram realizadas pela Polícia Federal e ocorreram em Cuiabá (1), Várzea Grande (1), Sinop (4) e Barra do Garças (2).

Ainda de acordo com o segundo boletim divulgado pelo TRE-MT, as outras foram feitas pela Polícia Militar e Polícia Civil no interior do Estado. Em ocorrências feitas nos municípios de Barra do Garças, Confressa, Peixoto de Azevedo, Porto dos Gaúchos, Sorriso, Tapuráh, Várzea Grande, Água Boa, Alto Garças, Aripuanã, Campinápolis, Cana Brava do Norte, Cláudia, Colniza, Denise, Diamantino, Figueiropólis do Oeste, Guarantã do Norte, Nortelândia, Nova Mutum, Nova Xavantina, Novo Horizonte, Novo Mundo, Paranaíta, Paranatinga, Pedra Preta, Poconé, Primavera do Leste, Santa Carmem, São José do Xingu, São José do Rio Claro e Sinop..

Procedimentos relacionadas as eleições (10 casos); preservação de direito relacionadas as eleições (4 casos); desobediência a lei seca (1 caso); propaganda irregular (1 caso) e fornecimento gratuito de alimento e transporte coletivo (1 caso). Ainda foram registrado dois crimes de ameaça e dois crimes de desobediência.