Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Sábado, 09 de Março de 2024, 14:02 - A | A

Sábado, 09 de Março de 2024, 14h:02 - A | A

PREFEITO DE CUIABÁ

À jornalistas, Botelho disse que muitos deputados não ‘confiam’ em repassar recursos para Emanuel

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (UB) disse nesta quinta-feira (07), à jornalistas, que muitos deputados e até mesmo senadores não confiam em aportar recursos para Cuiabá por conta do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). 

“Ele [Emanuel] não detém confiança dos parlamentares e o problema é esse. Os deputados estaduais e senadores também perderam a confiança. O senador Jayme até já reclamou que colocou emenda para fazer obras e não foi executado”, disse. 

O cenário político sinalizou por mudança, mas sofreu uma reviravolta.

Para entender, Emanuel foi afastado do cargo e proibido de entrar na Prefeitura de Cuiabá por ordem do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, na segunda-feira (4). A medida atendeu a um pedido do Ministério Público, que o apontou como suposto líder de uma organização criminosa que desviou recursos da Saúde de Cuiabá.

No dia seguinte José Roberto Stopa (PV) assumiu o comando da Capital e muitos políticos sinalizaram abertura de diálogos em prol de melhorias para a cidade. Dentre eles o presidente da Assembleia Legislativa - que é candidato na disputa pela Prefeitura de Cuiabá.

Botelho chegou, inclusive, a se propar a ajudá-lo, ao revelar que Stopa inspirava mais confiança e criava um clima mais favorável de aproximação. E que até poderia intermediar reuniões entre o interino e o governo, além de deputados federais e senadores como forma de buscar recursos para Cuiabá. Porém, na noite de quinta, o STJ devolveu o cargo a Emanuel.