Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 21 de Junho de 2023, 16:13 - A | A

Quarta-feira, 21 de Junho de 2023, 16h:13 - A | A

VEJA VÍDEO

Cattani não vê problema em perder Título de Cidadão Cuiabano e classifica revogação como 'politiqueira'

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) não vê nenhum problema em perder o Título de Cidadão Cuiabano, da Câmara de Vereadores da capital, ao argumentar que o pedido tem absoluto cunho político.

A declaração de Cattani ocorreu nesta quarta-feira (21), em conversa com os jornalista pelos corredores da Assembleia Legislativa.

O requerimento do vereador Luis Claudio(PP) já tem 17 assinaturas, número suficiente para que o pedido seja levado ao plenário e o Título de Cidadão Cuiabano seja revogado.

O pedido para a anulação ocorre após uma série de declarações e vídeos de Cattani, Primeiro comparando a gestação de mulheres com as das vacas, depois com gravação em suas redes sociais, onde sua esposa, Sandra Cattani, aparece mugindo como forma de ironizar as críticas feitas ao marido por coletivos que estudam a questão do direito das mulheres, de entidades como a Defensoria Pública e OAB-MT e dos longos debates que têm sido realizados pela mídia. Para piorar, a sutação do parlamentar bolsonarista, Cattani aparece em um último vídeo pedindo desculpas às vacas por compara-las às mulheres. 

“Quanto a minha imagem, as pessoas que devem me julgar e não eu. As pessoas que me julguem. Isso é uma questão politiqueira”, disse.

Ao ser questionado se a perda do título mancharia a sua imagem, o deputado garante que ‘está muito bem’ com o povo cuiabano.

“[...] Eu me sinto muito bem com o povo cuiabano ... é um povo espetacular. Eu sou um deputado do interior, eu moro em Nova Mutum e a população cuiabana deu a mim quase 6 mil votos. É isso que eu respeito. O resto é só política e aí a gente se manifesta quando acontecer”, disse.

Gilberto Cattani, alvo de processo disciplinar na Comissão de Ética por não só comparar mulheres às vacas como ainda pedir desculpas às vacas pela comparação. O parlamentar pode sofrer pena máxima que seria a cassação de seu mandato, o que é bastante improvável. Contudo, deverá sofrer algum tipo de punição como suspensão do mandato por determinado tempo

Veja vídeo