Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Sábado, 02 de Março de 2024, 15:00 - A | A

Sábado, 02 de Março de 2024, 15h:00 - A | A

CS MOBI CUIABÁ

Chico 2000 confirma reunião para resolver problema de acessibilidade causado por placas na Câmara

Silvano Costa/Especial para O Bom da Notícia

O presidente da Câmara de Cuiabá, O vereador Chico 2000 (PL), voltou nesta quinta-feira (29), a criticar as placas instaladas no entorno da Câmara Municipal de Cuiabá que alertam sobre o estacionamento. As placas - segundo o parlamentar -, atrapalham a mobilidade de pedestres e impedem a passagem de pessoas com alguns tipos de deficiência. 

Na última terça-feira (27), Chico voltou a criticar duramente a empresa CS Mobi Cuiabá, responsável pela instalação das placas. 

"É um absurdo isso. Fixem as placas onde entender possível, desde que não atrapalhem a acessibilidade da Câmara. Não vamos tolerar isso. Essa empresa vem e finca o poste no meio da calçada. É uma demonstração de falta de respeito", disse. o presidente, irritado, por meio de vídeo publicado em suas redes sociais.

E nesta última quinta-feira(29), Chico confirmou que a CS Mobi e os secretários de Governo e de Mobilidade Urbana foram notificados. E que tem profunda esperança de que uma reunião será agendada em breve, como forma de colocar fim a esta situação.

"Nós intimamos essta semana a empresa, o secretário de Governo[Wilton Coelho] e a secretária de Mobilidade Urbana[Luciana Zamproni]. A secretária, inclusive, me ligou, pedindo uma reunião com eles e com os diretores da empresa. Eu estou organizando a minha agenda para essa reunião com eles".

Entretanto, o problema não se encerra nos arredores da Câmara de Cuiabá. Chico confirmou que diversas reclamações chegaram à ele, informando que as placas de aviso estariam prejudicando a acessibilidade em outras áreas da capital mato-grossense. 

"Chegaram reclamações até a presidência da Casa que há diversas outras placas que estão prejudicando a acessibilidade e a passagem de qualquer pessoa na cidade. Assim, a instalação delas na capital também será tratada nessa reunião". 

No caso da Câmara o caso é ainda mais grave. Isso porque, como destacado por Chico, esta semana, o espaço público deve ser democratizado, ou seja, deve ser acessível a toda a população.