Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 04 de Abril de 2024, 09:30 - A | A

Quinta-feira, 04 de Abril de 2024, 09h:30 - A | A

NA AL-MT

Deputado Fabinho repudia feminicídios em plenário e aponta crime em Juscimeira

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Nesta última quarta-feira (03), em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Fabio Tardin “Fabinho” (PSB), repudiou o crime de feminicídio que vitimou Rosângela Oliveira, encontrada morta dentro da própria casa no município de Juscimeira.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na última terça-feira (02) e o principal suspeito do assassinato é o namorado da vítima.

Fabinho manifestou sua indignação e falou sobre o crescimento dos casos de violência contra mulher, além de reivindicar a criação de leis e penas mais severas no âmbito Federal.

“Precisamos de ações concretas, penas e Leis mais rígidas, para combater esses crimes horríveis que vem acontecendo no nosso Estado e no País. Uma triste realidade de violência contra as mulheres, que precisa acabar de uma vez por todas”, completou o parlamentar.

De acordo com um levantamento realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBS), em 2023, Mato Grosso apresentou a maior taxa de feminicídio do Brasil, com 2,5 mortes para cada grupo de 100 mil mulheres. Em números absolutos, foram 46 feminicídios no ano passado. A taxa é quase o dobro do índice nacional, que alcançou 1,4 mortes.