Domingo, 16 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 15 de Novembro de 2020, 16:30 - A | A

Domingo, 15 de Novembro de 2020, 16h:30 - A | A

ERRO ELEITORAL

Eleitores relatam que mesmo com a biometria, não conseguiram votar nestas eleições

Vivian Nunes / O Bom da Notícia

Neste domingo (15), muitos eleitores mato-grossenses saíram das zonas eleitorais revoltados por não conseguir votar. Isso porque, mesmo com o cadastramento biométrico e ainda terem votado nas eleições passadas, foram impedidos neste ano.  

Os eleitores barrados foram informados que deveriam comparecer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no dia 9 de dezembro, para fazer a regularização.  

Dona Maria Aparecida, de 49 anos e seu esposo, Manoel Souza, de 60 anos, foram cedo às urnas neste domingo, como em todas as eleições, na 51ª zona eleitoral, localizada no bairro Bela Vista, em Cuiabá. No entanto, somente seu Manoel conseguiu dar seu voto.  

Já Maria Aparecida, teve problemas na hora da votação. Mesmo tendo feito a biometria e ter votado nas eleições passadas, ela foi impedida de votar hoje.  

De acordo com a mulher, o coordenador da zona não disse o motivo. Apenas que ela constava na lista de impedidos de votar e que precisaria ir ao TRE em dezembro.  

A assessoria do TRE informou que, de fato, se o eleitor estiver na lista de impedidos, que consta no final do caderno de votação de cada seção, não é possível votar. E somente depois das eleições, deve procurar o cartório eleitoral para verificar a situação.  

Eleitores sem biometria  

Mais de 168 mil eleitores de Cuiabá, Várzea Grande e outros 32 municípios mato-grossenses que não fizeram a biometria - ou seja, que estão com títulos cancelados -, não poderão votar nas eleições deste domingo.

Os dados corretos mostram que na capital mais de 378 mil eleitores estão aptos a votar. Mas outras 85.432 mil pessoas que não fizeram seu cadastro biométrico não irão às urnas. Igualmente, em Várzea Grande, o segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso, 35.617 mil pessoas estarão vetadas de votar nestas eleições.