Domingo, 23 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 16:51 - A | A

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 16h:51 - A | A

CÂMARA FEDERAL

Em Brasília, Nelson Barbudo toma posse na vaga de Amalia Barros e ganha recepção de Bolsonaro

Da Redação do Bom da Notícia

O deputado federal Nelson Barbudo (PL) foi convidado para retomar suas atividades na Frente Parlamentar da Agropecuária nesta terça-feira (21). Barbudo participou de uma reunião do grupo da FPA e foi recepcionado pelo ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (do mesmo partido).

O convite veio antes da posse oficial de Barbudo que assumiu a cadeira que era da deputada federal Amália Barros (PL), que morreu em 12 de maio. Ela estava internada desde 1º de maio no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após a retirada de um nódulo no pâncreas. Durante as últimas semanas, ela havia sido submetida a mais de um procedimento cirúrgico e recebia tratamento intensivo. A morte de Amália Barros foi confirmada por nota publicada nas redes sociais.

Barbudo foi convocado pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), para tomar vaga no lugar da deputada. E foi empossado deputado federal no início da tarde desta terça-feira (21), na Câmara dos Deputados, em Brasília.  Em seu primeiro discurso, o parlamentar se solidarizou com a família de Amália e disse que estaria voltando de uma forma que nunca quis ou esperou que ocorresse.

“Dada as circunstâncias que assumi esse mandato e por profundo respeito à família e memória da deputada Amália Barros, não me manifestei enquanto não fui convocado e empossado. Volto a essa Câmara com pesar, de uma maneira que eu jamais gostaria que acontecesse. Não cabe a nós questionar o designo de Deus”, disse. 

“Sigo sendo um homem simples, um deputado combativo. Agora, esperançoso em ver e poder contribuir mais uma vez com dias melhores para Mato Grosso. Voltei como oposição, respeitando o PL e tenho certeza que serei um implacável perseguidor da Justiça, do direito, liberdade de expressão e fiscalização ferrenha desse governo [...] Continuarei o trabalho que iniciei em 2019, pelas pautas conservadoras, por justas-causas, pelo agronegócio, pela liberdade econômica e pela política de nosso país. Honrando e agradecendo 53.285 votos que recebi em Mato Grosso”.

Barbudo é produtor rural, sua base eleitoral está no entorno do Alto Taquari (a 482 km de Cuiabá), cidade onde foi eleito vereador em 2004. O primeiro suplente foi eleito deputado federal em 2018, sendo o mais votado da bancada naquele pleito, recebendo 126 mil votos. Foi o primeiro vice-presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e membro titular da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Também participou da Comissão Especial de Parcerias Público-Privadas (PPPs).