Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 13:02 - A | A

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 13h:02 - A | A

'ELE É UMA ÂNCORA PESADA'

'Emanuel é uma verdadeira poita, pois está afundando a prefeitura', diz vereador ao defender Fábio Garcia

Marisa Batalha/ O Bom da Notícia

O vereador Fellipe Corrêa(Cidadania) garantiu nesta quinta-feira(17), à jornalistas, que não teria melhor denominação para o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro(MDB), do que a palavra 'poita' - objeto pesado usado comumente como âncora nas embarcações -, ao lembrar que ele estaria afundando a prefeitura da capital.

Ao retrucar declaração de Pinheiro feita hoje na cerimônia de lançamento das obras do Mercado Municipal da Miguel Sutil, quando comparou a pré-candidatura de Fábio Garcia(UB), na disputa pelo comando do Palácio Alencastro, em 2024, a uma 'poita', garantindo que seu nome não decola e que, assim, sua intenção eleitoral seria uma 'especie de peso'.

"É importante que Emanuel acorde e que não há pinheirismo, à exemplo, do bolsonarismo aqui. Falta pouco tempo para o fim de seu mandato, se não for afastado antes pela justiça, pois motivos existem para afasta-lo. Ele, sim, é uma poita, pois todo mundo sabe que ele está afundando nossa cidade".

Reiterando as críticas à Emanuel, ainda citou o absurdo do projeto que está chegando na Câmara de Vereadores de Cuiabá, para parcelar em cinco anos uma dívida de mais R$ 165 milhões feita pela prefeitura por conta da falta de recolhimento de INSS e Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) que, contudo, foram cobrados dos servidores públicos da Empresa Cuiabá de Saúde e tirados do Fundo Único Municipal de Educação.

"Estamos aqui esperando um projeto de lei vindo do prefeito Emanuel Pinheiro para parcelar em cinco anos uma dívida de mais de R$165 milhões por falta de repasse financeiro ao INSS e o FGTS, cobrado dos servidores e não repassados os órgãos federais. Isso é uma apropriação indébita sobre os direitos dos servidores. Ele retirou este dinheiro deste colaboradores e não repassou a quem tinha que repassar. Então esse é último estágio de um homem - nem vamos falar de corrupção -, mas que faz um ataque sério aos servidores e aos seus salários. Então quem é a poita aqui".

Para o parlamentar municipal quem, de fato, seria 'uma poita', é Emanuel, pois ele é a âncora que está afundando os cofres da Prefeitura de Cuiabá. Lembrando que quando o deputado federal Fábio Garcia foi, em 2013, secretário de governo do prefeito Mauro Mendes(UB), atual governador de Mato Grosso, ajudou a gerir o caixa e entregou ao prefeito emedebista, o Alencastro, com boa saúde financeira.

"Então quem é a poita. O próximo prefeito terá sérios problemas financeiros. Na verdade, nada melhor do que chamar os outros do que realmente você é".