Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09:54 - A | A

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09h:54 - A | A

EM CUIABÁ

Estado vai gerenciar emendas de Fabio Garcia; 'não confio em Emanuel Pinheiro'

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Deputado federal licenciado, o chefe da Casa Civil, Fabio Garcia (União), destinou uma parte das emendas a que tem direito no Orçamento Geral da União de 2024 para obras e políticas públicas em Cuiabá. No entanto, os recursos serão geridos e as obras executadas pelo Governo de Mato Grosso. O motivo para isso, explicou Fabio, é a falta de confiança no prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB), para cuidar do dinheiro público.

Para cadastrar as emendas no orçamento, Garcia chegou a deixar, temporariamente, o comando da Casa Civil. “Muitas das minhas emendas foram destinadas a Cuiabá, como sempre fiz, priorizando a minha cidade e os muitos votos que recebi dos eleitores cuiabanos. Mas, como pudemos ver, o prefeito Emanuel Pinheiro não faz o uso mais adequado do dinheiro público. Por isso, os recursos serão destinados para o Governo de Mato Grosso”.

Fabio lembrou as 19 operações policiais realizadas nos últimos anos para apurar casos de corrupção na Prefeitura de Cuiabá. “Não há como confiar neste desgoverno que é a gestão Emanuel Pinheiro. O próprio Tribunal de Contas já reprovou as contas dele, mostrando que Cuiabá hoje tem um rombo de R$ 1,2 bilhão”.

Ele pontuou que o Governo de Mato Grosso tem investido muito dinheiro em Cuiabá, um montante superior a R$ 2,6 bilhões, em obras de mobilidade urbana e logística, saúde, educação, cultura e ações sociais. “Além de todos estes recursos, hoje o governo administra a Secretaria Municipal de Saúde, por conta da intervenção, decretada pela Justiça”.

Como deputado federal, Fabio tem o direito de indicar R$ 28 milhões da emenda de bancada, além de emendas individuais.