Domingo, 23 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 25 de Novembro de 2022, 10:46 - A | A

Sexta-feira, 25 de Novembro de 2022, 10h:46 - A | A

PROTESTOS E ATAQUES

'Não há nenhuma chance das eleições serem anuladas', diz Barranco sobre manifestações

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Em entrevista à Rádio CBN Cuiabá nesta sexta-feira (25), o deputado estadual e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), em Mato Grosso, Valdir Barranco, disse que as pessoas que fazem manifestações contra o resultado das urnas praticam crime. Ao ainda deixar claro que não há nenhuma chance das eleições serem anuladas.

“Quem faz manifestação contra o resultado das eleições está praticando um crime e, aqui em Mato Grosso, pior ainda. Nós estamos sendo chacota nacional, pois é o estado que ainda tem estas manifestações. Não sei, parece que a informação deixa de chegar, as pessoas. Parece que não ouvem rádio, não assistem tv, órgão públicos oficiais, não leem sites oficias, só recebem informações pelo whatsapp, de uma bolha que leva informações falsas alimentando a esperança de que as eleições será anulada, não tem a menor chance da eleição ser anulada!”, disse Barranco. 

Os protestos aconteceram por todo o Brasil após anúncio do resultado das eleições, dando vitória a Luiz Inácio Lula da Silva  (PT). Quando manifestantes chegaram a pedir intervenção federal sob a alegação de fraude nas urnas. Atualmente, os maiores números de protestos ocorrem em Mato Grosso.

Mas com a decisão do governo do Estado de colocar fim às obstruções nas estradas e aos ataques feitos por alguns manifestantes, colocando as forças de segurança para se unir à Polícia Rodoviária Federal, as rodovias estaduais e federais no Estado seguem totalmente liberadas, sem registros de bloqueios e interdições desde esta última terça-feira(22), quando foram deflagradas as operações, classificadas como 'um pacto pela ordem'.

A situação tem sido acompanhada pelas forças de segurança do Estado, em especial a Polícia Militar, que faz o apoio à PRF, a fim de evitar novos bloqueios, para garantir o direito de ir e vir de todos os cidadãos.

Para o deputado estadual reeleito, Valdir Barranco, os manifestantes estão perdendo seu tempo, ao ainda apostar que muito em breve os líderes serão identificados e punidos. 

“Não vai dar em nada, mas querem ficar colocando combustível nessas manifestações ilegais. Tenho certeza que aos poucos a maioria dessas pessoas, comumente levadas por líderes, vão entender e os protestos serão disspados”, completou.