Sábado, 18 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 05 de Março de 2024, 11:17 - A | A

Terça-feira, 05 de Março de 2024, 11h:17 - A | A

SEM PINHEIRO

Stopa garante que diferença com Junior Leite não era pessoal, após diretor pedir exoneração da Limpurb

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

O diretor-presidente da Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana Júnior Leite pediu exoneração do cargo na noite dessa segunda-feira (4), poucas horas antes de José Roberto Stopa ser empossado como prefeito na Câmara de Cuiabá, com decisão do desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de afastar por seis menses o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), do seu cargo.

Junior Leite alegou "motivos pessoais", ainda que tenha sido amplamente divulgado as trocas de farpas entre ele e o vice-prefeito, com Stopa admitindo publicamente, em várias ocasiões, que caso fosse prefeito, o gestor da Limpurb seria o primeiro a ser exonerado do cargo.

Através de nota encaminhada à imprensa, Júnior Leite além da alegação de questões pessoais ainda disse que já reria cumprido sua missão na pasta.

“Após dois anos, sinto que cumpri o que me foi designado pelo então prefeito Emanuel Pinheiro. Por questões pessoais solicitei o meu desligamento. Agradeço a confiança e a oportunidade de mais uma vez poder trabalhar por Cuiabá. Agradeço todos os trabalhares da Limpurb, ao movimento comunitário e a todos que direta ou indiretamente contribuíram com nosso trabalho”, diz o comunicado de Júnior Leite.

Ao ser empossado prefeito nesta terça-feira, Stopa disse que a decisão de Júnior é normal de quem tem cargo comissionado e aproveitou para pedir desculpas sobre os desentendimentos do passado. Revelando, contudo, que o nome do novo comandante da entidade será oficializado entre hoje e amanhã, quarta(6).

“Nós tivemos algumas divergências do ponto de vista do trabalho. Eu quero dar um novo norte para Limpurb, ela terá que ter uma função mais ágil e rápida e é isso que eu vou fazer. Normal quem está no cargo de chefia pedir para sair amanhã, ninguém é efetivo no DAS, todos nós somos interinos. Eu sei bem isso porque já fui exonerado várias vezes, algumas vezes por questão política. Se você não é efetivo sabe que poderá deixar o cargo a qualquer momento. Quero até aproveitar até em público, para pedir desculpas ao Junior por algumas vezes agir até com certa agressividade. Porque na vontade de melhorar você estrapola em algumas falas. Mas tínhamos uma diferença no quesito de dar um norte à secretaria e isso é normal na vida pública”, explicou Stopa.

Ainda que em entrevistas à vários veículos de comunicação, o vice-prefeito tenha chegado mesmo a ironizar a relação com Júnior  Leite dizendo que era 'intolerante à lactose', se referindo ao sobrenome do ex da Limpurb. Além de também já tê-lo classificado  como "desonesto, incompetente e mentiroso".

Júnior Leite retornou ao primeiro escalão da Prefeitura de Cuiabá em fevereiro de 2022, no lugar de Vanderlúcio Rodrigues, que deixou a administração municipal para disputar as eleições, concorrendo a vice-governador na chapa encabeçada pela primeira-dama Márcia Pinheiro (PV).

Antes, Júnior Leite já havia atuado na Gestão Emanuel Piheiro como adjunto de Cultura, Esporte e Turismo e secretário  extraordinário dos 300 anos e de Inovação e Comunicação.