Terça-feira, 23 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 12 de Julho de 2023, 17:17 - A | A

Quarta-feira, 12 de Julho de 2023, 17h:17 - A | A

"CAI FORA"

Wilson aconselha Botelho a deixar UB, disputar prefeitura pelo PSD e aponta convite de Fávaro

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Em tom de bastante descontração, o deputado estadual Wilson Santos aconselhou nesta última terça-feira(11), que seu colega de Casa de Leis, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, 'caisse fora do União Brasil e fosse para seu partido, o PSD'.

A brincadeira veio após questionamentos de jornalistas sobre a viabilidade de Botelho, de fato, se tornar o candidato oficial do UB na disputa, ano que vem, pela Prefeitura de Cuiabá.

E ao lembrar que o presidente do Social Democrata em Mato Grosso, Carlos Fávaro, também ministro da Agricultura e Pecuária, teria feito o convite pessoalmente à Botelho. Inclusive, admitido o convite, publicamente, em algumas de suas recentes entrevistas às rádios de Cuiabá nestes últimos dias.

“Nestes dias em que o presidente do partido esteve em Cuiabá, o ministro Carlos Fávar, ele oficializou o convite para o deputado Eduardo Botelho, também para o senador Jayme e o deputado Júlio Campos. Eu converso diariamente com Botelho. Ele ainda espera ser o candidato do União Brasil e essa decisão ele espera até o final desse ano”, disse.

Em referência, claro, aos últimos posicionamentos de Botelho que voltou a revelar à jornalistas - como, por exemplo, na posse do deputado federal Fábio Garcia, como secretário-chefe da Casa Civil -, que a princípio não teria interesse em deixar o União Brasil. “Essas conversas elas vão ser feitas a partir de janeiro, por enquanto não penso em deixar o União Brasil, estou trabalhando todas as possibilidades dentro do partido para me manter no grupo que estou”.

Já Wilson Santos - sempre que pode lembra à Botelho -, que as portas do PSD estão abertas para ele e ainda que será o candidato oficial da legenda na disputa pela Prefeitura de Cuiabá.

“Nosso foco principal no PSD é organizar o partido para as eleições do ano que vem. O convite para Botelho já foi feito por Fávaro com o aval de todos nós da executiva para que dispute o comando do Alencastro na nossa sigla”, destacou.