Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 18:21 - A | A

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 18h:21 - A | A

PL NA AL-MT

Janaina responsabiliza pais por alunos jogarem uniformes no lixo; Mendes pede obrigatoriedade

Silvano Costa/Marisa Batalha/O Bom da Notícia

Nesta útima terça-feira (27), o Perrengue Mato Grosso publicou em seu Instagram um vídeo onde um rapaz mostra diversos uniformes escolares sendo jogados nas ruas e colocados no lixo. Segundo ele, alguns alunos do bairro Bela Vista, em Cuiabá, estariam jogando fora materiais como camisas, bermudas e tênis, doados pelo Estado. O vídeo, claro, acabou repercutindo negativamente.

Como forma de dar uma resposta à ação, a deputada estadual Janaina Riva (MDB), fez um vídeo para suas redes sociais condenando a atitude.

"Eu estou indignada com o vídeo desse jovem jogando fora o uniforme que o Estado, com o dinheiro do imposto do contribuinte, comprou pra eles poderem usar na escola. Como que pode o jovem jogar fora esse uniforme?".

Para Janaina, a iniciativa de doar materiais escolares visa trazer dignidade e igualdade aos estudantes, especialmenteê se tratando daqueles que não têm condições financeiras de comprar um uniforme.

"Esse uniforme tem o objetivo de colocar todas as crianças em igualdade, dar as crianças mais dignidade, mais orgulho de ir pra escola com o uniforme novo e bonito".

A deputada ainda condenou as afirmações de que a atitude dos alunos seria responsabilidade de professores e diretores das escolas. Para ela, esse compromisso é dos pais e citou o castigo como uma forma de punição.

"Tem muita gente falando que a culpa é do professor, do diretor. Negativo. Isso são valores, responsabilidade de pai e mãe. Se você tem um filho dessa escola do Bela Vista, chama seu filho na sua casa, explica pra ele a importância desse uniforme, que ele custa dinheiro de muitas pessoas que trabalham, e coloque seu filho de castigo. Dê o exemplo apra ele. É isso que eu faria se fossem os meus filhos". 

O governador Mauro Mendes também se manifestou em suas redes sociais, onde fez uma enquete pública perguntando a opinião da população acerca de um Projeto de Lei que obriga o uniforme completo nas escolas públicas. A imensa maioria se pronunciou a favor do PL. 

E na noite desta última quarta-feira(28), o governador Mauro Mendes(UB) enviou para a Assembleia Legislativa, o projeto de lei que torna obrigatório o uso dos uniformes nas escolas estaduais de Mato Grosso. Como forma, inclusive, de evitar episódios como o ocorrido na última terça-feira, ocasião na qual alunos foram flagrados jogando no lixo e nas ruas, os uniformes entregues pelo Governo do Estado.

“Essa imagem me deixou indignado, e tenho certeza que muitos mato-grossenses também. Apesar de ser um caso isolado, já determinei a abertura de uma sindicância para apurar o que realmente aconteceu naquela escola e já estamos tomando outras providências. Uma delas foi tornar obrigatório o uso de uniforme e vamos fazer isso em forma de lei”, afirmou Mauro.

O governador registrou que o projeto já conta com apoio popular, pois foi enviado após consulta pública feita por ele em suas redes sociais. “Quase 10 mil pessoas votaram e 95% se mostraram a favor. Nas escolas públicas do Estado de Mato Grosso, o Governo vai continuar a fornecer esse uniforme gratuitamente, como tem feito ao longo dos últimos anos, e nenhum aluno poderá acessar a sala de aula se não tiver devidamente uniformizado”, relatou.

Sendo aprovado pelos deputados estaduais, o projeto de lei vai condicionar o uso do uniforme para que os estudantes possam ingressar na escola. “Entende-se por uniforme mínimo obrigatório o uso de camisa e bermuda ou calça fornecida pela gestão escolar, bem como tênis, fornecido ou não pela Administração Pública”, diz trecho da proposição.

Investimentos

Somente neste ano, o Governo de Mato Grosso já investiu R$ 116 milhões para a compra dos uniformes e materiais escolares a todos os estudantes da rede estadual. Além do uniforme completo com camisas, calças, blusas, mochila e tênis, os alunos recebem também um kit escolar com estojo, lápis de cor, lápis grafite, apontador, tesoura escolar, cola, rolo de barbante, caderno de desenho, caderno brochurão, tinta guache, canetas, régua, esquadro, entre outros.