Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 13:52 - A | A

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 13h:52 - A | A

ELEIÇÃO EM CUIABA

Júlio diz que Botelho transita bem entre a direita e a esquerda e isto o favorece em um 2º turno

Luciana Nunes/ Marisa Batalha/O Bom da Notícia

Em entrevista à Rádio Capital FM nesta terça-feira (14), o deputado estadual Júlio Campos (UB) voltou a afirmar que o presidente da Assembleia Eduardo Botelho - nome oficial de seu partido para disputar a Prefeitura de Cuiabá - é, indiscutivelmente, o melhor dentre os pré-candidatos.

Sobretudo, o que melhor transita  entra direita e esquerda, ao apontar a dificuldade, inclusive, de adversários como o deputado bolsonarista Abilio Brunini(PL) e Lúdio Cabral(PT) que pode se tornar o nome oficial da Federação Brasil da Esperança, na disputa pelo comando do Palácio Alencastro, já que há outros dois partidos ligados à  Federal, o PCdoB e o PV, este último a legenda de outro pretendente neste processo eleitoral, que é o vice-prefeito Josê Roberto Stopa.

Na visão do experiente político, Botelho caso vá para o segundo turno contra, por exemplo, Abílio conseguiria agregar os eleitores de Lúdio. E caso enfrente o deputado petista receberá os votos de quem no primeiro turno votou em Abílio. Assim, em quaisquer cenários, Botelho estaria em melhor condição que seus dois adversários.

“Agora nosso trabalho é levar o nome de Eduardo Botelho para o segundo turno com 35 a 40% dos votos e no segundo turno se for disputar com Lúdio eu tenho certeza que o eleitor do Abílio vai votar no Botelho. E se for o contrário, o Abílio, o mesmo ocorrerá".

“Botelho tem bom relacionamento tanto com a direita quanto com a esquerda e por isso acredito que ele consiga apoio do eleitorado de Lúdio em um eventual segundo turno contra Abílio, é do deputado Ludio Cabral contra Abílio Junior. Então o Botelho goza desta tranquilidade, assim, o que ele precisa é confirmar sua presença do segundo turno”, completou.

Júlio, igualmente, aposta que a união de partidos ao entorno do nome de Botelho fará com que ele cresça ainda mais nas pesquisas e se confirme nas urnas. Sobretudo, tendo o apoio do governador Mauro Mendes.

“Botelho nunca apareceu em uma pesquisa com menos de 25% das intenções de votos. E após o governador Mauro Mendes entrar de cabeça já começamos a ver esses números aumentando, pois Mauro é muito bem avaliado na Capital e isso vai refletir na elevação dos votos de Botelho”, finalizou.