Sábado, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Sábado, 03 de Fevereiro de 2024, 10:24 - A | A

Sábado, 03 de Fevereiro de 2024, 10h:24 - A | A

ELEIÇÃO 2024

Max Russi aposta que pelo menos 25% dos deputados estaduais devem disputar prefeituras em MT

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

À jornalistas, esta semana, o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Max Russi(PSB) fez  aposta alta que pelo menos 25% dos parlamentares devem disputar, como cabeça de chapa, as prefeituras de Mato Grosso, em outubro deste ano.

Em Cuiabá, entre os principais candidatos que assumiram suas pré-candidaturas - e que têm mandato no Legislativo estadual - estão Eduardo Botelho(UB), Lúdio Cabral (PT) e Carlos Avalone (PSDB). Com especulação de que Diego Guimarães(Repiblicanos) possa, igualmente, entrar no páreo.

Em Várzea Grande o nome de Fabinho (PSB) é cotado para enfrentar a reeleição do prefeito Kalil Baracat(MDB). Em Sinop( (500 Km de Cuiabá), Dilmar Dal Bosco garantiu que estará na majoritária. E em Rondonópolis((214 Km de Cuiabá), os deputados estaduais Cláudio Ferreira (PL) e Thiago Silva (MDB) devem se confrontar pelo comando da prefeitura.

“Nós temos hoje seis deputados formalizados que podem disputar a eleição neste ano. Aqui em Cuiabá Botelho que eu ainda acho que vai pelo União Brasil, Lúdio pelo PT e até mesmo Avalone. Em Várzea Grande temos o nome do Fabinho pelo PSB o mais votado para deputado na cidade. Cláudio Ferreira e Thiago Silva lá em Rondonópolis e agora tem o Dilmar também que já anunciou que é pré-candidato lá em Sinop”, explicou.

“Até agora temos pré-candidatos que podem avançar com o projeto ou recuar. Ainda está cedo para dizer se esse ou aquele é o candidato. Isso só nas convenções”, acrescentou.

O cenário ainda segue indefinido e o martelo só será batido nas convenções partidárias quando é homologada as candidaturas. Até lá tudo são especulações.