Domingo, 14 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 26 de Dezembro de 2023, 15:17 - A | A

Terça-feira, 26 de Dezembro de 2023, 15h:17 - A | A

POR ENQUANTO

Rota alternativa entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães deve passar por Campo Verde

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Em razão do bloqueio total da MT-251, estrada que liga Cuiabá e Chapada dos Guimarães, motoristas que pretendem se deslocar entre as duas cidades precisam buscar a rota alternativa.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) informa que a rota entre as duas cidades passa pela cidade de Campo Verde, passando por rodovias totalmente asfaltadas.

Desta forma, quem for sair de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, deve seguir pela BR-163 no sentido da Serra de São Vicente. Na altura do Trevo de São Vicente, deve acessar a BR-070 em direção a Campo Verde.

Em Campo Verde, o motorista deverá seguir pela MT-140, em direção ao Posto Gardez. Na rotatória, seguir pela MT-251 em direção a Chapada dos Guimarães, por cerca de 60 km.

Já os motoristas que querem sair de Chapada dos Guimarães em direção a Cuiabá, devem fazer o caminho contrário. Ou seja, pegar a saída para Campo Verde pela MT-251 e na altura do Gardez pegar a MT-140 em direção a Campo Verde.

A partir de Campo Verde o motorista deve seguir pela BR-070 em direção a BR-163. No Trevo de São Vicente, seguir em direção a Cuiabá.

O trajeto entre o centro das duas cidades, passando por Campo Verde, tem cerca de 200 quilômetros. Segundo uma projeção do Google Maps, o tempo de viagem varia entre duas horas e trinta minutos e três horas.

A Sinfra-MT reforça que o caminho pela MT-246, que liga o Distrito da Água Fria até a Estrada de Manso, deve ser evitado. 

Esta rota, de cerca de 160 quilômetros, passa por um trecho de 33 km de uma rodovia não implantada, que não tem condições de receber veículos pesados, principalmente no período de chuvas.

A Sinfra-MT reforça que, devido as chuvas registradas desde a madrugada desta terça-feira (26.12), a MT-251 deve permanecer bloqueada, até a melhoria das condições climáticas e avaliação por parte de equipes da Sinfra e Defesa Civil.